Connect with us

Manaus

105 profissionais de saúde são contratados para atuar em combate ao novo coronavírus em Manaus

Published

on

Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na Zona Centro-Sul de Manaus — Foto: Rickardo Marques/G1 AM

105 profissionais da área saúde foram contratados temporariamente para atuar nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Manaus. A convocação, feita pela prefeitura, é uma das medidas de enfrentamento contra o novo coronavírus. A previsão de custo mensal é de R$ 475 mil.

São, no total, 35 enfermeiros e 70 técnicos de enfermagem contratados para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A medida, segundo o prefeito Arthur Neto, é essencial para que as UBSs tenham um preparo melhor para atender a população.

A convocação está publicada na edição nº 4.802 do Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (19).

“Manaus está dando tudo o que pode na luta contra o novo coronavírus. Estamos contratando 105 profissionais da área de saúde, além da colaboração federal com a chegada de 74 médicos do programa Mais Médicos, que serão distribuídos em todas as nossas Unidades Básicas de Saúde para ajudar a cumprir com o nosso dever de dar alento e esperança ao nosso povo. Vamos unir forças cada vez mais, com todos nossos recursos, para sairmos com a vitória desta luta”, destacou o prefeito.

Os convocados fazem parte do Cadastro de Reserva do Processo Seletivo Simplificado (PPS) n° 002/2017. A previsão é que os contratados já estejam em seus locais de trabalho no início na próxima semana.

A partir desta sexta-feira os convocados podem procurar a Semsa para tomar as providencias de contratação e saber os locais de lotação.

Continue Reading

Manaus

Prefeitura de Manaus faz contrato de R$ 19 mi para serviço de comunicação digital

Published

on

Faltando sete meses para as eleições municipais, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), efetivou contrato para serviço de comunicação digital no valor global de R$ 19 milhões com a empresa Agência de Interatividade e Marketing Ltda., do empresário Durango Duarte.

O extrato do contrato n°002/2020 foi publicado na edição de quarta-feira, 18, do Diário Oficial do Município (DOM). Confira o documento no final da matéria.

De acordo com as informações da publicação, o contrato terá vigência de 12 meses, a contar de 2 de março de 2020 a 1° de março de 2021, e o valor mensal está estimado em R$ 1,5 milhão. O despacho de homologação do contrato é assinado pela secretária de comunicação Kellen Cristina Veras Felisardo Lopes.

Conforme dados da dotação orçamentária, as despesas do contratos foram empenhadas sob o n° 2020NE00094, no valor de R$ 2 milhões, ficando o restando a ser empenhado durante a execução do contrato e consignado no orçamento deste e do próximo exercício.

Procurada pela reportagem, a Semcom informou que o referido contrato possui natureza continuada, na modalidade Concorrência, conforme consta no extrato do Diário Oficial.

A Semcom ressaltou, ainda, que, ao longo de mais de 30 anos de sua existência, a secretaria adota estratégias que acompanham o processo de comunicação, sempre pensando no maior alcance do cidadão e na transparência e divulgação dos serviços executados pela Prefeitura de Manaus.

“Diante das atuais mudanças e o surgimento das novas mídias, é cada vez mais necessário está conectada à população e, por isso, atenta a esse comportamento, a secretaria está investindo em novas formas de dialogar com o contribuinte, fortalecendo a interação digital”, fala a nota enviada à redação de O Poder.

Ainda segundo a secretaria, conforme consta em contrato, dentre os principais objetos da nova prestação de serviços, destacam-se: o planejamento, implementação, manutenção e monitoramento de soluções de comunicação digital; criação, implementação e desenvolvimento de formas inovadoras de comunicação digital, destinadas a expandir os efeitos de mensagens e conteúdos do Poder Executivo Municipal, em seus canais proprietários e em outros ambientes, plataformas ou ferramentas digitais, em consonância com novas tecnologias; a criação e adaptação de roteiro para vídeo para publicação em propriedade digital; produção de vídeo depoimento, animação, vídeo colagem, transmissão ao vivo, produção de vinheta, podcast e outros produtos para propriedade digital.

Por fim, a Semcom reforçou que a contratação visa às metas estabelecidas pelo planejamento estratégico “Manaus 2030”, dentro do programa Cidade Inteligente, que busca por uma prefeitura conectada com a sociedade, especialmente por meio da publicidade, transparência, colaboração e agilidade. A nota esclarece que o contrato cumpriu com todos os requisitos legais necessários, estando em consonância com a Lei Municipal Lei 8666/93.

Licitação 

O empresário Durango Duarte, dono a empresa Interatividade, disse à reportagem que o contrato passou por um processo licitatório transparente e os serviços são pré-definidos. “Isso é comunicação digital, e só serve para fazer a comunicação digital, tais como: produção de conteúdo digital, gestão, e não tem relacionamento com patrocínios de blogs e portais”, explicou o empresário.

Durango Duarte ressaltou que o contrato é extremamente vantajoso para o poder público, pois não existe honorários para impulsionamentos caso a prefeitura tenha que impulsionar algo nas plataformas do Google, Facebook ou Instagram.

“Este modelo de contrato não é uma invenção da Prefeitura de Manaus, esse modelo é o mesmo modelo licitatório da presidência da República, da Secretaria de Comunicação que vem desde o governo Dilma. Então, o edital que participei é idêntico o que atende ao governo federal, mas, não especificamente o governo Bolsonaro, mas, o que atendeu o Governo Dilma e, também, Michel Temer”, explicou.

Segundo o empresário, o papel do contrato é trazer a comunicação que a prefeitura usa na chamada “plataforma off”,que incluem as televisões, rádio e jornal, ou algo que está dentro de sites, para trazer para uma linguagem dos canais que a prefeitura usa.

“O recurso será aplicado para produção de vídeos, podcasts, fotografia, relatórios, gerenciamento de mídia e performance”, explicou o empresário.

Veja o extrato de contrato:

Continue Reading

Manaus

Motoristas encontram avenidas de Manaus com trânsito leve no primeiro dia de paralisação de aulas

Published

on

Fotos: Carolina Diniz/G1AM

Ruas que normalmente ficam congestionadas estavam quase vazias na manhã desta terça-feira (17).

No primeiro dia de suspensão de aulas nas redes municipal e estadual em Manaus, além de universidade pública, motoristas sentiram maior fluidez no trânsito nesta terça-feira (17). Avenidas como Darcy Vargas, Torquato Tapajós, Mário Ypiranga – que normalmente ficam congestionadas – amanheceram com menos veículos em circulação.

A paralisação das aulas está entre as medidas adotadas pela Prefeitura de Manaus e Governo do Amazonas como forma de prevenção por conta do novo coronavírus. O primeiro caso foi confirmado no Amazonas no dia 13 de março.

O motorista da linha de ônibus 352, Eduardo Neves, percorre diariamente um trajeto do Terminal 3 e passa por ruas movimentadas como Grande Circular, Autaz Mirim e Rodrigo Otávio.

Ele contou à reportagem que saiu do terminal 3, na Cidade Nova, às 5h30 e retornou pouco antes das 7h20, quando a previsão era somente às 7h38. “Desde ontem [segunda], eu já senti que melhorou. Hoje, retornei ao terminal com 15 minutos de antecedência”, contou.

Em outra rota, Jalder Alcântara, que trabalha há dez anos como motorista de transporte público, acredita que o impacto da paralisação das aulas seria mais perceptível a partir das 7h30. “Nesta primeira viagem, não mudou tanto, mas acho que agora sim vai dar para sentir”, afirmou.

José Menezes aproveitou o tempo de sobra para abastecer. Ele saiu de casa por volta das 7h, da região da Cidade Nova, e em menos de uma hora conseguiu percorrer vários lugares.

“Está muito tranquilo, sem problemas. Já fui em supermercado, padaria, e loja. A da rua está bem vazia”, comentou.

A proprietária de um salão de beleza no Vieralves, Patrícia Nobre, contou para a reportagem que levava o filho todos os dias para a faculdade. Com a suspensão das aulas, ela só deve sair de casa para trabalhar.

“Eu passo nesse rua [Avenida Max Teixeira] todos os dias e ali perto de Flores já começa a ficar congestionado, mas hoje parece que está bem mais vazio”, disse.

No Centro, a quantidade de veículos também era menor. Por volta das 8h40, o fluxo em avenidas como Eduardo Ribeiro e Getúlio Vargas era leve.

Fonte: G1

Continue Reading

Manaus

Seduc suspende aulas em Manaus por 15 dias para prevenção contra coronavírus

Published

on

Medida de prevenção ocorre, até o momento, apenas na capital.

As escolas da rede pública estadual de Manaus estão com aulas suspensas por 15 dias. Em anúncio, o governador do Amazonas afirma que a medida de prevenção contra o novo coronavírus será tomada a partir desta terça-feira (17) e, até o momento, apenas na capital. As aulas da rede municipal também estão suspensas.

O anúncio da suspensão das aulas ocorreu na tarde desta segunda-feira (16), após reunião do governador Wilson Lima com representantes da saúde. Lima informou que estuda, junto à Seduc, a possibilidade de transmitir aulas por meio Centro de Mídias, via internet.

“Estamos recomendando às escolas particulares que façam o mesmo. Não estamos proibindo que as atividades continuem, mas estamos recomendando e sugerindo que isso também seja feito nas unidades particulares de ensino”, disse o governador.

Com relação à manutenção das aulas no interior do estado, que contraria recomendação do Ministério Público do Estado para suspender as atividades em toda a rede de ensino, Lima justificou que a possibilidade de o vírus se propagar nos municípios é “muito menor que na capital”.

“Hoje, estamos tomando uma decisão baseada no cenário aqui da capital. A gente não sabe se amanhã, ou depois, ou daqui uma semana, a gente tenha que tomar uma essa atitude para o interior do estado”, afirmou.

Coronavírus no Amazonas

O primeiro caso confirmado do novo coronavírus do estado – e primeiro no Norte – foi confirmado no dia 13 de março. Trata-se de mulher, de 39 anos, procedente de Londres. O governo divulgou, na tarde desta segunda, que ela está recuperada e já saiu do período de transmissibilidade da doença.

A mulher, no entanto, não pode ser considerada como paciente curada. Para isso, é necessário que novos exames, após um período de 14 dias, testem negativo para o vírus.

“Ela continua em isolamento domiciliar, mesmo não representando mais risco de transmissão. Todas as pessoas que tiveram contato com ela foram monitoradas e nenhuma testou positivo para o Covid-19”, afirma o Governo do Amazonas.

Casos do novo coronavírus descartados

Os últimos quatro casos suspeitos no estado foram descartados. No total, desde a primeira aparição de suspeitas, dos 15 casos notificados e investigados, 14 testaram negativo para o covid-19 no Amazonas.

Ainda de acordo com o governo, não houve nenhum novo registro de casos suspeitos nas últimas 48 horas, segundo o balanço mais recente, divulgado no final da tarde desta segunda-feira (16).

Continue Reading

Mais lidas