Connect with us

Sociedade

A convite da ONU, Wilson Limadará palestra sobre desenvolvimento sustentável em Nova York

Publicado

em

Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, será um dos palestrantes do evento que marca o 5º aniversário da Declaração de Nova York Sobre as Florestas, que acontece no domingo (22) na cidade norte-americana. Convidado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pelo Fórum Global dos Governadores para Climas e Florestas (GCF – sigla em inglês), do qual é presidente da reunião anual, Wilson Lima irá abordar em sua palestra sobre evidências que demonstram a importância estratégica das parcerias no desenvolvimento econômico, social e sustentável do Amazonas.

“É um convite muito importante para mostrarmos que, por meio de parcerias, podemos conciliar desenvolvimento com preservação ambiental. O Estado do Amazonas tem sido protagonista nessas discussões, seja no Brasil ou no mundo. Temos exemplos de projetos que deram certo e agora estamos focados em também garantir que o cidadão tenha acesso ao desenvolvimento econômico e social. Não se preserva com pobreza”, afirmou o governador.

No convite enviado ao governador, o PNUD destacou que o Governo do Amazonas desempenha papel central no compromisso coletivo em combater o desmatamento global até 2030. “Nosso PPA, o Plano Plurianual, que tem sido construído em parceria com o PNUD, está incluindo em suas diretrizes os objetivos da Agenda 2030, uma lista de tarefas a serem cumpridas para um futuro sustentável, definida pelos países-membros da ONU. Entre os objetivos estão a erradicação da pobreza e o desenvolvimento sustentável”, destacou o governador do Amazonas.

“Nós temos trabalhado para buscar um novo modelo de desenvolvimento que equilibre os eixos ambiental, social e econômico. Pouquíssimos países conseguiram realizar o que hoje todos exigem que façamos hoje: crescer economicamente e, ao mesmo tempo, manter os recursos naturais intactos”, completou Wilson Lima.

Na ocasião, haverá o lançamento do Relatório de Avaliação de Progresso da Declaração sobre as Florestas, que contribui com a Cúpula das Ações Climáticas de 2019 das Nações Unidas, marcado para o dia seguinte (23/09).

Os governadores de Acre, Gladson Cameli, e Mato Grosso, Mauro Mendes, também irão participar do evento, no qual são esperados ministros e representantes de países que possuem áreas florestais, interessados pela Declaração de Florestas de Nova York, doadores bilaterais e multilaterais, instituições financeiras, cientistas líderes em pesquisas e veteranos de organizações e empresas ambientais.

Fórum Global – Wilson Lima é o atual presidente da reunião anual do Fórum Global dos Governadores para Climas e Florestas (GCF – sigla em inglês). O Amazonas foi escolhido, por unanimidade, durante a edição realizada em Caquetá, na Colômbia, no último mês de maio, para sediar o evento em 2020. 

O Fórum Global dos Governadores para Climas e Floresta reúne 38 governadores de estados e províncias de 10 países que possuem área florestal. São eles: Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, Equador, Espanha, Estados Unidos, Indonésia, México, Nigéria e Peru. Ele foi criado, em 2008, para cooperação em inúmeros assuntos relacionados à política climática, financiamento, troca de tecnologia e pesquisa.

A agenda da Força-Tarefa de Clima e Florestas dos Governadores inclui o desenvolvimento de baixas emissões e conservação de florestas tropicais, além da discussão de ações que promovam o desenvolvimento sustentável.

Reuniões – Na agenda, o governador do Amazonas ainda haverá uma reunião, no Museu de História Natural, com o renomado pesquisador e biólogo americano Thomas Lovejoy, que passou mais de 50 anos da sua vida estudando a Amazônia. Além disso, Wilson Lima também vai dar outra palestra, no Centro de Estudos sobre Brasil, na Universidade de Columbia.

 

Amazonas

Três festas clandestinas são encerradas em Manaus

Publicado

em

Três festas clandestinas foram encerradas após a chegada dos agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF, na noite de sábado (8), nas zonas centro-sul e norte de Manaus. Ao todo, mais de mil pessoas foram flagradas nos locais.

Em uma das festas, denominada “B-day pelo Fluxo”, dois homens, sendo o responsável pela banda e o chefe de segurança, foram detidos e levados para a delegacia para os procedimentos cabíveis.

Além das festas, mais três estabelecimentos que estavam promovendo aglomeração e não tinham documentação para funcionar foram interditados.

Ao todo, 13 locais foram vistoriados pelos agentes de fiscalização e dois foram notificados por apresentar irregularidades. Participaram da CIF policiais civis, militares, Corpo de Bombeiros Militar, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Procon e Visa Manaus.

De acordo com o fiscal da FVS, Antônio Júnior, aglomeração e desrespeito às normas de combate à Covid-19 foram constatados durante as fiscalizações de sábado.

Fiscais também fecharam bares que promoviam aglomerações — Foto: divulgação

Leia Mais

Amazonas

Camisas falsificadas de times esportivos são apreendidas pela Receita Federal em Manaus

Publicado

em

Produtos falsificados, acessórios para celular subfaturados e máscaras N95 não declaradas foram apreendidos pela Receita Federal durante uma operação realizada na terça (4) e na quarta-feira (5). A fiscalização ocorreu em uma transportadora de carga aérea.

Foram encontradas 750 camisas de times esportivos provenientes de São Paulo com destino ao bairro Tarumã, com suspeita de serem falsificadas. Apesar da carga estar acompanhada com uma nota fiscal, outros indícios levaram a fiscalização a suspeitar da ocorrência do crime. O valor estimado das mercadorias apreendidas foi de R$ 40 mil.

A fiscalização também apreendeu 1200 carregadores para celular, 2000 fones de ouvido e máscaras N95, provenientes de São Paulo, em carga acobertada por nota fiscal com o valor R$ 750, o que provocou suspeita de subfaturamento. Outras características dos produtos apontaram indícios de contrabando e descaminho.

Operações em abril

 

Em abril, foram feitas 39 operações, sendo 7 no aeroporto, 23 nos Correios, 4 em conjunto com a Polícia Civil e 4 nos Portos Alfandegados de Manaus. As ações resultaram na apreensão de R$ 13,9 milhões em mercadorias, 7 prisões e apreensões de drogas.

Equipamentos para celulares com preço baixo também foram apreendidos — Foto: Divulgação

Leia Mais

Amazonas

Dois bares são fechados e 27 pessoas são detidas por desrespeito ao decreto em Manaus

Publicado

em

Dois bares foram fechados e 27 pessoas foram detidas na madrugada desta segunda-feira (3), na Avenida Itaúba, na Zona Leste de Manaus, após desrespeitarem o decreto do governo do Amazonas sobre o funcionamento dos estabelecimentos.

O descumprimento foi descoberto pelos policiais durante a ronda noturna, segundo contou o capitão Daivison Soeiro, da 30ª Companhia Integrada Comunitária (Cicom).

De acordo com ele, ao passarem pelos locais, os agentes encontraram as pessoas consumindo bebidas alcoólicas e promovendo aglomerações, além dos bares estarem abertos fora do horário permitido.

Soeiro explicou que a determinação do governo do estado só permite o funcionamento dos estabelecimentos aos domingos até 16h. Na hora em que os agentes encontraram as irregularidades eram 4h desta madrugada.

O grupo, então, foi conduzido até a Delegacia Geral da Polícia Civil, onde todos assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo descumprimento do decreto em prevenção à Covid-19.

De acordo com o capitão, os dois bares já são reincidentes. Os estabelecimentos tinham sido autuados na sexta (30) e no sábado (1). Soeiro também explicou que eles até fecham após a chegada da Central Integrada de Fiscalização (CIF), mas reabrem logo em seguida.

Leia Mais

Mais lidas