Connect with us

Sociedade

A convite da ONU, Wilson Limadará palestra sobre desenvolvimento sustentável em Nova York

Publicado

em

Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, será um dos palestrantes do evento que marca o 5º aniversário da Declaração de Nova York Sobre as Florestas, que acontece no domingo (22) na cidade norte-americana. Convidado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pelo Fórum Global dos Governadores para Climas e Florestas (GCF – sigla em inglês), do qual é presidente da reunião anual, Wilson Lima irá abordar em sua palestra sobre evidências que demonstram a importância estratégica das parcerias no desenvolvimento econômico, social e sustentável do Amazonas.

“É um convite muito importante para mostrarmos que, por meio de parcerias, podemos conciliar desenvolvimento com preservação ambiental. O Estado do Amazonas tem sido protagonista nessas discussões, seja no Brasil ou no mundo. Temos exemplos de projetos que deram certo e agora estamos focados em também garantir que o cidadão tenha acesso ao desenvolvimento econômico e social. Não se preserva com pobreza”, afirmou o governador.

No convite enviado ao governador, o PNUD destacou que o Governo do Amazonas desempenha papel central no compromisso coletivo em combater o desmatamento global até 2030. “Nosso PPA, o Plano Plurianual, que tem sido construído em parceria com o PNUD, está incluindo em suas diretrizes os objetivos da Agenda 2030, uma lista de tarefas a serem cumpridas para um futuro sustentável, definida pelos países-membros da ONU. Entre os objetivos estão a erradicação da pobreza e o desenvolvimento sustentável”, destacou o governador do Amazonas.

“Nós temos trabalhado para buscar um novo modelo de desenvolvimento que equilibre os eixos ambiental, social e econômico. Pouquíssimos países conseguiram realizar o que hoje todos exigem que façamos hoje: crescer economicamente e, ao mesmo tempo, manter os recursos naturais intactos”, completou Wilson Lima.

Na ocasião, haverá o lançamento do Relatório de Avaliação de Progresso da Declaração sobre as Florestas, que contribui com a Cúpula das Ações Climáticas de 2019 das Nações Unidas, marcado para o dia seguinte (23/09).

Os governadores de Acre, Gladson Cameli, e Mato Grosso, Mauro Mendes, também irão participar do evento, no qual são esperados ministros e representantes de países que possuem áreas florestais, interessados pela Declaração de Florestas de Nova York, doadores bilaterais e multilaterais, instituições financeiras, cientistas líderes em pesquisas e veteranos de organizações e empresas ambientais.

Fórum Global – Wilson Lima é o atual presidente da reunião anual do Fórum Global dos Governadores para Climas e Florestas (GCF – sigla em inglês). O Amazonas foi escolhido, por unanimidade, durante a edição realizada em Caquetá, na Colômbia, no último mês de maio, para sediar o evento em 2020. 

O Fórum Global dos Governadores para Climas e Floresta reúne 38 governadores de estados e províncias de 10 países que possuem área florestal. São eles: Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, Equador, Espanha, Estados Unidos, Indonésia, México, Nigéria e Peru. Ele foi criado, em 2008, para cooperação em inúmeros assuntos relacionados à política climática, financiamento, troca de tecnologia e pesquisa.

A agenda da Força-Tarefa de Clima e Florestas dos Governadores inclui o desenvolvimento de baixas emissões e conservação de florestas tropicais, além da discussão de ações que promovam o desenvolvimento sustentável.

Reuniões – Na agenda, o governador do Amazonas ainda haverá uma reunião, no Museu de História Natural, com o renomado pesquisador e biólogo americano Thomas Lovejoy, que passou mais de 50 anos da sua vida estudando a Amazônia. Além disso, Wilson Lima também vai dar outra palestra, no Centro de Estudos sobre Brasil, na Universidade de Columbia.

 

Amazonas

Festa de aniversário clandestina é encerrada pela polícia no Tarumã

Publicado

em

Uma festa de aniversário clandestina que ocorria no Ramal da Savana, localizado no bairro Tarumã, na zona oeste de Manaus, foi encerrada durante a “Operação pela Vida”, na noite de sábado (27). Cerca de 50 pessoas estavam no local, inclusive menores de idade. Também foram apreendidas várias bebidas alcoólicas e um carro.

A denúncia foi recebida por agentes do Núcleo Especializado de Operações de Trânsito (Neot) e por policiais militares do Comando de Policiamento de Área (CPA) centro-oeste. “Pedimos que uma viatura fizesse o reconhecimento antecipado. Chegamos no local e constatamos, realmente, essa aglomeração”, disse o tenente-coronel Augusto Cézar, que coordenou a operação.

Um participante da festa, aparentemente embriagado, se recusou a fazer o teste do etilômetro, além de apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com categoria incompatível com o carro que conduzia. O veículo foi recolhido.

Agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) também foram acionados para a ação. A Polícia Civil também esteve no local para realizar os procedimentos cabíveis. Uma mulher de 31 anos, proprietária do espaço, também será responsabilizada. “A responsável pela festa, bem como todos que foram encontrados aqui foram conduzidos para a Delegacia-Geral e responderão pelo crime de desobediência e infração, relacionado ao Art. 268 do Código Penal”, explicou a delegada Kelene Passos, que acompanhou o procedimento.

Todos os envolvidos foram detidos e conduzidos à central de flagrantes, que funciona na Delegacia-Geral da Polícia Civil. Eles assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e irão responder por descumprimento de medida sanitária e crime de desobediência. O crime é passível de multa estipulada por um juiz.

 

Leia Mais

Amazonas

Amazonas Energia doa 500 cestas básicas a comunidades de Manaus

Publicado

em

O mundo enfrenta uma grande crise devido a pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), e esta situação trouxe dificuldades à muitas famílias, o que despertou nas pessoas o lado solidário de ajudar ao próximo, e foi pensando nisso que as Amazonas Energia criou o projeto “Energia Solidária”, que na manhã deste sábado (27), realizou a distribuição de 500 cestas básicas para cinco comunidades de Manaus.

O Energia Solidária é uma ação da Amazonas Energia que conta com a participação de colaboradores da Empresa, que também fizeram suas doações para auxiliar várias famílias e que estão passando necessidades por conta do enfrentamento a pandemia do coronavírus.

Os colaboradores se uniram na doação de alimentos e cestas, assim como na montagem dos kits. Nesta primeira ação de 2021, as comunidades contempladas no ‘Projeto Energia Solidária’ foram: Cidade das Luzes, Bairro Tarumã; Comunidade Fazendinha, Bairro Cidade de Deus; Comunidade Vila da Prata, Bairro Vila da Prata; Comunidade Grenville, Bairro da União; e Comunidade Puraquequara.

De acordo com o Diretor-Presidente da Amazonas Energia, Orsine Oliveira, esse é o início de uma série de ações sociais que a Amazonas Energia e seus colaboradores irão desenvolver neste ano de 2021. “Estamos enfrentando um momento difícil no combate ao avanço do coronavírus (Covid-19), no qual precisamos nos unir para ajudar quem realmente precisa, oferecendo ajuda humanitária às famílias amazonenses”, destacou.

Cerca de 50 colaboradores e suas famílias participaram desta ação, que contou com a participação da empresa North Tech como parceira nas entregas. As próximas ações devem contemplar outras comunidades de Manaus e do interior do Amazonas. O projeto ‘Energia Solidária’ tem como slogan: Mais que energia, distribuindo solidariedade para o Amazonas.

Fonte: D24am.

Leia Mais

Amazonas

Micro-ônibus colide com ônibus e motorista fica preso nas ferragens em acidente em Manaus

Publicado

em

Um micro-ônibus que levava funcionários de uma empresa do Polo Industrial de Manaus, colidiu com um ônibus da linha 621, na Avenida Buriti, no Distrito, na Zona Sul da capital. O acidente aconteceu por volta de 6h da manhã.

Segundo informações do Capitão Márcio Lima, do Corpo de Bombeiros, o condutor do micro-ônibus e um passageiro ficaram presos nas ferragens e precisaram ser resgatados pelos agentes.

Outras pessoas que também estavam no veículo ficaram feridas e foram encaminhadas para um hospital, por uma equipe da Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ainda não se sabe o estado de saúde delas.

Com o acidente, o trânsito ficou lento na região e agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) foram acionados para fazer a sinalização da área. Não há informações sobre as causas do acidente, que serão investigadas.

Leia Mais

Mais lidas