Connect with us

Amazonas

Alerta: Veja o trio de investigados que irá comandar Manaus, caso Amazonino seja eleito

Publicado

em

Manaus – Como ocorreu nos seus dois últimos mandatos no Executivo – Governo do Amazonas (2017-2018) e Prefeitura de Manaus (2008-2012) –, o candidato a prefeito da capital, Amazonino Mendes (Podemos), 81 anos, deverá delegar a um grupo seleto as “chaves” dos cofres do município, caso seja eleito prefeito de Manaus no próximo domingo, 29.

O orçamento municipal está previsto em R$ 5,6 bilhões para 2021, primeiro ano do mandato do novo prefeito. O recurso preliminar foi apresentado pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef) e compõe o Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA).

Se for para a Prefeitura de Manaus em 2021, Amazonino terá como principal representante o ex-secretário de Saúde e médico particular do ex-governador, Francisco Deodato. Além dele, figuram como os homens de confiança do candidato, o vice em sua chapa, deputado Wilker Barreto (Podemos), e o marqueteiro Marcos Martinelli.

‘Caso Prodente’

Deodato virou manchete dos principais sites de notícias do Amazonas em 2016, ao ter seus bens particulares bloqueados pela Justiça. A decisão partiu do juiz Leoney Figlioulo que determinou a indisponibilidade de R$ 1,6 milhão de Deodato na investigação que ficou conhecida como “Caso Prodente”.

Na ação civil por improbidade administrativa, o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) apontou irregularidades no Termo de Convênio nº 049/2001, firmado entre a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) com a Fundação Prodente.

O MP-AM alega que o plano de trabalho do convênio não contemplou os serviços efetivamente realizados, não houve licitação para escolha da fundação nem contrapartida com recursos próprios economicamente mensuráveis.

Gestor reincidente

A ausência de processos de licitação para contratações é reincidente com Francisco Deodato na gestão pública. No governo suplementar de Amazonino, quando estava como secretário de Saúde, Deodato autorizou pelo menos 55 dispensas de licitações que somaram mais de R$ 27 milhões no período de 1o de janeiro a 30 de abril de 2018.

Os dados constam nos arquivos da imprensa oficial da época. Apenas para o Instituto da Mulher Dona Lindu, na zona Centro-Sul de Manaus, a Secretaria de Saúde contratou serviços por R$ 1,544 milhão sem concorrência pública.

Nepotismo de Wilker

O Ministério Público do Amazonas abriu inquérito civil para investigar Wilker Barreto à frente da presidência da Câmara Municipal de Manaus (CMM), em 2016, pela prática de nepotismo.

Wilker contratou o próprio sogro, Raimundo Fábio Moreira da Silva, para o cargo de diretor de Engenharia da CMM pelo salário mensal de R$ 16 mil.

Sob a investigação preliminar da promotora de Justiça Neyde Regina Trindade, ficou constatado o pagamento ao sogro de Wilker, como ocupante de cargo comissionado de diretor.

Além da prática de nepotismo, a promotora disse que Wilker ainda falhou administrativamente ao permitir que o sogro recebesse salário em duplicidade do município. Fábio Moreira, também, era remunerado na Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Omissão de Wiker

Wilker Barreto era aliado de Amazonino e presidente da CMM, quando Francisco Deodato foi secretário de Saúde e realizou diversos contratos sem licitação. O vereador, também, acompanhou protestos por falta de merenda nas escolas da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Na época, Amazonino permitiu que servissem apenas suco de folhas aos alunos. A imagem foi divulgada em sites nacionais, porque no mesmo ano, 2018, a Seduc tinha recebido mais de R$ 30 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) para repassar às escolas.

Marqueteiro do ‘amor’

Após levar Amazonino Mendes de volta à vida pública na eleição suplementar de 2017, o marqueteiro Marcos Martinelli era um dos principais articuladores da Secretaria Estadual de Comunicação (Secom) até dezembro de 2018.

Foi ele o responsável pela campanha institucional do período, “Amor à Causa Pública”, que foi criticada por ser conduzida em meio a denúncias de corrupção, protestos de terceirizados da Saúde e falta de comida nas escolas.

Publicidade milionária

Com Martinelli nos bastidores da Secom, Amazonino gastou mais com publicidade do que com medicamentos para a população. Os dados estão registrados no site da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz).

A pasta fez pagamentos no valor de R$ 4,66 milhões em 2018, entre janeiro e os primeiros dias de março. No mesmo período, a Central de Medicamentos da Secretaria Estadual de Saúde gastou R$ 2,79 milhões. O valor é 40% menor que os gastos com publicidade.

Hoje, Martinelli é o coordenador de propaganda na campanha de Amazonino Mendes e já recebeu pelo serviço mais de R$ 600 mil por meio de sua empresa, segundo dados declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Amazonas

Dupla é presa por tráfico de drogas na zona norte de Manaus

Publicado

em

Com a dupla foi apreendido diversas porções de entorpecentes, um simulacro de arma de fogo e um celular

Dois homens de 26 e 36 anos, foram presos na madrugada desta segunda-feira (25), por tráfico de drogas na rua 85, Comunidade Invasão dos Índios, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

De acordo com o primeiro-tenente, sub-comandante da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), identificado como Félix, a guarnição recebeu uma denúncia, por volta de 5h10, informando que dois homens estariam comercializando entorpecentes na rua 85.

“Os policiais foram até o local mencionando na denúncia e lá encontraram os suspeitos. Um deles ainda tentou fugir, mas foi capturado e rendido pelos policiais da 6ª Cicom. Foi dada voz de prisão e vários materiais foram apreendidos com a dupla”, disse.

Os homens estavam em posse de 28 porções de maconha, 12 porções de oxi, três porções pequenas de maconha, duas pedras grandes de oxi, três porções de cocaína, R$130 em espécie, uma balança de precisão, um simulacro de arma de fogo e um celular.

A dupla e os materiais apreendidos foram apresentados no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos cabíveis.

 

Leia Mais

Amazonas

Homem flagra idoso estuprando criança de 10 anos, em Manaus

Publicado

em

Testemunha ouviu gritos em área de mata, presenciou crime e acionou a polícia. Abusador é marido da vó da vítima, segundo PM

Um idoso foi preso por estuprar uma menina de 10 anos na manhã deste domingo (20). O crime aconteceu por volta das 8h em uma área de mata próxima de um shopping, localizado no bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus.

Um homem que passava próximo ao local ouviu gritos da criança e se aproximou cuidadosamente e conseguiu flagrar o idoso cometendo o estupro. A testemunha compareceu à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

“A princípio eu pensava que era um casal tendo relações mas achei estranho porque percebi que os gritos pareciam de uma criança e flagrei ele que quando percebeu tentou fugir”, afirmou o autônomo Venaldo Oliveira que testemunhou o crime.

O idoso tentou fugir mas foi preso por policiais da 26° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que realizava patrulhamento no local. Segundo o tenente Ricardo Lima, o idoso é marido da avó da menina.

“A criança mora no Novo Israel mas ele estava com ela pois iam catar latinhas no local. Ele não é parente de sangue da criança mas é padrasto da mãe dela”, disse o tenente Lima.

Fonte: D24am.

Leia Mais

Amazonas

Polícia prende jovem que efetuou disparos contra policias civis, na zona leste de Manaus

Publicado

em

O jovem foi abordado e recebeu voz de prisão após ser reconhecido pelos policiais que estavam em diligências

Paulo Henrique da Silva Teles, 20, foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira (21), após efetuar disparos de arma de fogo contra uma equipe policial da Unidade de Apuração de Ilícitos Penais (UAIP) da instituição.

Conforme o delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), por volta das 11h, dois policiais da UAIP saíram para realizar diligências em torno de um Inquérito Policial (IPL) sobre intervenção policial na comunidade Coliseu, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, quando foram recebidos com disparos de arma de fogo efetuados por Paulo Henrique.

“Após o ato criminoso, a equipe da UAIP compareceu ao 30º DIP, por volta de 12h, nos informando que foram até aquela região para buscar testemunhas de um IPL, envolvendo também policiais que em outro momento foram recebidos com tiros naquele lugar”, comentou o delegado.

De acordo com a autoridade policial, depois da denúncia a equipe do 30º DIP, de imediato, se deslocou à comunidade, com apoio da equipe do grupo Fera, onde realizaram a abordagem do autor.

Segundo o titular, o jovem foi abordado e recebeu voz de prisão após ser reconhecido pelos policiais que estavam em diligências pela UAIP.

Paulo Henrique irá responder pelo crime de tentativa de homicídio. Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficará à disposição da Justiça.

Leia Mais

Mais lidas