Connect with us

Amazonas

Alvo da PF, governador do Amazonas se recusou a fornecer senha de celulares apreendidos

Publicado

em

Segundo investigadores, Wilson Lima negou dar as senhas de dois celulares cuja apreensão foi autorizada pela Justiça. Operação da PF apura fraudes em ações do governo contra coronavírus.

Investigadores informaram à TV Globo que o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), não quis fornecer a senha de dois celulares apreendidos nesta terça-feira (30) na Operação Sangria, deflagrada pela Polícia Federal para investigar fraude e superfaturamento nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus no estado.

O governador foi alvo de busca e apreensão determinada pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele estava em Brasília quando os mandados foram cumpridos. A Polícia Federal chegou a pedir a prisão do governador, mas o ministro negou. Na operação, a secretária de Saúde do Amazonas foi presa.

Investigados têm o direito de não entregar senhas, embora a praxe seja entregar. Nessa hipótese, a perícia policial tentará ter acesso, o que dificulta o trabalho dos investigadores. Nesses casos, eles costumam interpretar a recusa como resistência em colaborar com as investigações. No decorrer do inquérito, isso pode ser usado, junto com outros elementos, como indício de que tentava esconder algo.

Em nota, a assessoria do governador informou que o celular é de uso pessoal e tem informações de caráter familiar que, segundo ele, não são de interesse da investigação.

“O governador Wilson Lima tem a convicção de que o conteúdo do celular em nada iria contribuir com a investigação. Além disso, considera que tem o direito de preservar o conteúdo familiar visto que se trata de celular de uso pessoal”, diz o texto da nota.

Durante a operação, policiais federais estiveram em endereços do governador Wilson Lima. Em um dos endereços, em Manaus, encontraram R$ 13,7 mil em dinheiro em uma gaveta.

Segundo a investigação, foram identificadas compras superfaturadas de respiradores; direcionamento na contratação de empresa; lavagem de dinheiro; e montagem de processos para encobrir crimes praticados com a suposta participação direta do governador.

Em requerimento, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo sustenta que as investigações permitiram, até o momento, “evidenciar que se está diante da atuação de uma verdadeira organização criminosa que, instalada nas estruturas estatais do governo do estado do Amazonas, serve-se da situação de calamidade provocada pela pandemia de covid-19 para obter ganhos financeiros ilícitos, em prejuízo do erário e do atendimento adequado à saúde da população”.

Fonte: G1

Amazonas

Homem é preso suspeito de abusar de duas crianças em banheiro de bar no interior do AM

Publicado

em

Um homem de 38 anos foi preso, no domingo (8), suspeito de abusar sexualmente de duas meninas de 8 e 9 anos, no banheiro de uma bar, em Manacapuru (distante 70 quilômetros de Manaus).

Segundo a polícia, o bar fica localizado no Balneário do Miriti. Na ocasião, o suspeito aproveitou que as duas meninas entraram sozinhas no banheiro para abusá-las. Ele chegou a tentar tirar as roupas da menina mais velha.

Entretanto, quando percebeu que havia sido flagrado por outros adultos, o homem tentou fugir, mas foi detido e agredido por populares.

O suspeito foi levado à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, e deverá responder por abuso sexual infantil.

Leia Mais

Amazonas

Dupla morre após troca de tiros com a polícia no bairro Novo Aleixo

Publicado

em

No bairro Novo Aleixo, dois homens, de 20 e 26 anos, morreram após uma troca de tiros com a polícia na madrugada desta quarta-feira (11). O caso aconteceu na rua Capinzal, zona Norte de Manaus, por volta das 2h40.

De acordo com policiais do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), equipes estavam em patrulhamento quando pessoas informaram que os dois estariam fazendo assaltos em uma motocicleta. Quando a equipe se aproximou, os homens fugiram do local.

Durante a perseguição, a dupla se desequilibrou e caiu da moto. Após o acidente a dupla se levantou e atirou contra os policiais, que também efetuaram disparos.

Os homens foram encaminhados ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas morreram em seguida.

Leia Mais

Amazonas

Bairro Ponta Negra ganhará nova linha de ônibus

Publicado

em

A partir da próxima segunda-feira (9), uma nova linha de ônibus vai atender o bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus: a linha 642. O itinerário sairá do Terminal 3 e seguirá pela Avenida do Turismo, até chegar à Ponta Negra.

Segundo o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), a linha 642 fará o mesmo percurso da 641 (T4 – T3 – aeroporto – Ponta Negra) a partir do T3. A diferença é que a nova linha (642) não atenderá o conjunto Alphaville, no bairro Ponta Negra, e irá operar apenas em horários de pico, pela manhã e no período da tarde.

 

Alterações

Também a partir da próxima segunda-feira, as linhas 003 e 006 terão seus itinerários alterados para atender comunidades que acessam estradas e ramais ao longo da avenida do Turismo, na zona Oeste. A linha 003 passará a atender o ramal do Cetur e praia Dourada e por sua vez, a linha 006 a marina Tauá e o conjunto Alphaville.

O IMMU mantém o atendimento pelo telefone 118 para receber reclamações e sugestões de usuários do transporte coletivo.

Leia Mais

Mais lidas