Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Autoridades de Saúde do Amazonas Compartilham Orientações para Lidar com a Fumaça das Queimadas

A Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM) compartilhou orientações cruciais para que a população se proteja durante a onda de fumaça resultante das queimadas que afetaram várias cidades do estado, inclusive Manaus, nos últimos três dias.

“Estamos fornecendo orientações sobre as melhores práticas e cuidados essenciais que as pessoas podem adotar para minimizar os impactos da exposição à fumaça, garantindo o bem-estar das famílias durante esse período”, explicou Anoar Samad, chefe da SES.

Manaus, coberta por uma densa nuvem de fumaça há três dias, figura entre as cidades com pior qualidade do ar no mundo. A fumaça obscureceu desde prédios até pontos turísticos da cidade, incluindo o Teatro Amazonas e a Ponte Rio Negro.

Aqui estão algumas das orientações fornecidas pela SES-AM:

1. Máscaras: Para aqueles que precisam sair para áreas externas, é aconselhável usar máscaras do tipo N95/PFF2 ou P100. Essas máscaras podem oferecer proteção adequada, especialmente para pessoas com fatores de risco e doenças crônicas.

2. Umidificadores: Utilizar purificadores de ar com filtros Hepa e umidificadores pode ajudar a reduzir as partículas no ambiente interno. Eles também podem ser úteis para aliviar os sintomas de irritação nos olhos, nariz e garganta.

3. Práticas Esportivas: Evite a prática de atividades ao ar livre em qualquer horário se a qualidade do ar estiver ruim ou péssima.

4. Sintomas: Em caso de agravamento dos sintomas devido à exposição à fumaça em Manaus, a população deve procurar as unidades de Serviço de Pronto Atendimento (SPA) ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Nos demais municípios do estado, os moradores devem buscar assistência em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para casos menos graves ou ir diretamente ao hospital local em situações de emergência.