Connect with us

Manaus

Chuva alaga estacionamentos e carros ficam submersos no Centro de Manaus

Publicado

em

Bombeiros fazem escoamento da água para retirada dos veículos.

Um estacionamento na avenida Joaquim Sarmento, no Centro de Manaus, ficou alagado e 12 carros ficaram submersos depois da forte chuva que atingiu Manaus na tarde desta segunda (30). Outros cinco estabelecimentos também ficaram parcialmente alagados na área central da cidade.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas. A corporação informou que utiliza um equipamento para fazer o escoamento da água. Assim que o nível de água for reduzido o suficiente, um guincho irá tirar os veículos do local.

Segundo o proprietário do estacionamento, Leandro Simões, que trabalha há mais de 7 anos no ramo, uma situação como essa nunca aconteceu.

Outros cinco estabelecimentos também ficaram parcialmente alagados na área central da cidade.  — Foto: Rebeca Beatriz/G1 AM

“Assim que eu vi, acionei os bombeiros e a Defesa Civil. Comuniquei os donos dos veículos e agora estamos acompanhando o trabalho”, disse.

O lojista Marcelo Freitas deixou dois carros estacionados no local, antes da chuva. Os dois veículos ficaram presos na alagação. Ele contou ao G1 que jamais imaginou uma situação dessas.

“Vim trabalhar e deixei meu carro aqui. Pouco depois me ligaram informando da situação. Já estou aqui há duas horas, pelo menos. Nunca imaginei passar por uma duração assim”, comentou.

Além do Corpo de Bombeiros, o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) também foi acionado. O transitou ficou mais lento na avenida e veículos têm dificuldade para trafegar.

A Defesa Civil de Manaus informou que está em monitoramento às possíveis ocorrências ocasionadas pela chuva.

Na Rua Joaquim Sarmento, Centro, um estacionamento ficou alagamento e carros estacionados ficaram submersos. — Foto: Rebeca Beatriz/G1 AM

Amazonas

Prefeito de Iranduba da “piti” e destrata reportagem: Veja o vídeo

Publicado

em

Moradores do bairro Novo Amanhecer, relatam todas as dificuldades que os moradores vêm sofrendo a mais de 36 anos, muda o gestor do município e o problema continua o mesmo.

Os moradores da comunidade, cobram do prefeito Augusto Ferraz sua promessa de campanha que os problemas que assolam a comunidade iriam ser solucionados, o morador procurou os órgãos municipais para se embasar e cobrar uma solução de Ferraz.

Tubos para a realização de inicializar a infraestrutura de esgotamento das ruas, estão no local a mais de três gestões anteriores, um morador cedeu uma parte de seu terreno para que a referida obra venha a ser realizada, mais o pedido não foi atendido, cansados de tantas promessas os moradores procuraram a reportagem do CM7 com o intuito de obter uma resposta e um prazo para que a obra ao menos seja iniciada.

Existe um documento que comprova a solicitação de serviço, já na gestão de Ferraz, as imagens demostradas na reportagem, revelam que a falta de esgotamento e meio fio fazem com que as ruas venham a diminuir por estarem cedendo com as chuvas e com o trafego na via, acidentes já aconteceram no local, assim diz o morador.

Com o descaso com a população, até mesmo o Vasco time de futebol carioca está tendo mais credito que o prefeito de Iranduba. Após percorrer ruas do bairro, foi visto a necessidade clara de fazer a rede de esgoto, pontes e asfalto, pois nem todas as ruas possuem asfalto.

A equipe de reportagem de perto a realidade daquele bairro, e os outros que não visitaram? Como será que está? Com a intenção de ajudar aquelas famílias se dirigiram a prefeitura e acompanhar o morador que procura melhorias.

Chegando a prefeitura, onde o prefeito Augusto Ferraz despachava de seu gabinete, a equipe de jornalismo do CM7 foi recepcionada por um assessor de Ferraz, que propôs que a equipe voltasse um outro dia, o repórter disse que estavam lá aproveitado o ensejo, e verificar o que poderia ser feito para a comunidade, após aguardarem por mais de uma hora na recepção da prefeitura, o comunitário que estava sendo acompanhado pela reportagem adentrou o gabinete do prefeito, a equipe de reportagem tentou acompanhar a conversa e foram impedidos. O repórter diz que está acompanhando o comunitário o prefeito pergunta “Qual a bronca, a gente está acompanhando-o, Ferraz responde “Quero não” o repórter o questiona o prefeito o por que “Eu não quero… por que eu não quero” repórter volta a questionar do que o senhor está com medo, “Eu não tenho medo de ninguém, só tenho medo de DEUS” repórter insiste só uma palavrinha “Por Favor” disse Ferraz apontado para a saída, o repórter insiste com o questionamento sobre o prefeito ter ido as ruas e solicitar votos “um abraço… um abraço” diz o prefeito, é quando o prefeito puxa o documento e coloca na mesa de Ferraz e diz que procurou o secretário de infraestrutura e o mesmo disse que o prefeito não vai fazer nada por aquela comunidade. A reportagem insiste em pedir para acompanhar a conversa, o repórter insiste em dizer ao prefeito que o pedido inicial não havia sido na gestão atual, mas que a comunidade quer uma resposta sobre o fato, um prazo para que a solicitação de melhoria comece.

Com a intensão de intimidar a reportagem do CM7, a equipe do prefeito começa a filmar, o repórter insiste e pede dois minutos, uma palavrinha do prefeito. E sem sucesso a equipe sai do local sem uma entrevista curta com Ferraz. Mostrando o total desrespeito do prefeito não somente com a reportagem, mas com a população em geral.

A reportagem informou ao prefeito que retornará dia 30 para saber o que foi atendido e poderá ser feito pela população local. A reportagem foi “expulsa” do local sem uma resposta.

fonte: Laranjeira news

Leia Mais

Amazonas

Mulher é baleada pelo ex-companheiro dentro de casa em Manaus

Publicado

em

Uma mulher de 34 anos foi baleada na noite desta terça-feira (13) durante uma discussão dentro de casa no conjunto Habitacional Viver Melhor II, Zona Norte de Manaus. O suspeito de atirar contra a vítima é o ex-companheiro dela, um Policial Militar, que foi detido.

A polícia recebeu um acionamento para o local após a mulher ser baleada. Na ocasião, um vizinho informou que o suspeito entrou no apartamento e atirou contra a mulher durante uma briga. Após o crime, o suspeito colocou a mulher dentro de um carro para tentar socorrê-la para uma unidade hospitalar.

No trajeto, o carro em que o suspeito tentava levar a vítima para o hospital sofreu pane mecânica.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) retirou a mulher do veículo e levou-a para um hospital, não informado. O estado de saúde dela não foi divulgado.

O suspeito foi detido em flagrante e apresentado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher. O boletim de ocorrência informa que o PM deve responder pelo crime de tentativa de feminicídio. Em depoimento, o suspeito alega para a polícia que a mulher se acidentou.

De acordo com o advogado da Associação de Cabos e Soldados da PM, Christian Souza, o suspeito contou que tinha um relacionamento extraconjugal com a vítima, com quem tem um filho de 1 ano. Ele contou que ao sair do trabalho foi até ao apartamento, conversou com a mulher, entraram no quarto, e começou uma discussão.

Segundo o advogado, o PM alegou que a discussão teve início, pois existia uma pressão por parte da mulher devido ao relacionamento extraconjugal.

“Dessa discussão, os ânimos começaram a se exaltar, ele comenta que ela sacou uma arma de baixo de umas roupas, pois é viúva de um policial, também. E falou que quando ela apontou essa arma para ele, acreditou que era uma brincadeira, viu que era sério, foi para perto dela, e começou a briga para tentar tirar a arma dela, foi quando ela ficou ferida”, contou o advogado.

Ainda conforme o advogado, um dos disparos atingiu a face da vítima. A Secretaria de Saúde informou que o estado de saúde da paciente é reservado apenas aos familiares.

Leia Mais

Amazonas

Três são presos por tráfico de drogas em Manaus

Publicado

em

Três homens, um de 27 e dois de 18 anos, foram presos por tráfico de drogas no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus, na terça-feira (13).

Policiais em motocicletas avistaram dois rapazes em atitude suspeita e, durante abordagem, os agentes encontraram drogas. Após questionamentos, a dupla confessou que estava traficando drogas e apontou o local onde havia o restante do produto.

No endereço indicado, os policiais prenderam o outro indivíduo que guardava o restante do material.

No total, foi apreendida uma porção média e 17 trouxinhas de maconha tipo skunk, além de 130 trouxinhas de substância com características de cocaína e uma porção pequena de substância com aspecto de oxi.

O trio foi preso e conduzido ao 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos cabíveis. Na delegacia foi constatado que um dos envolvidos tem passagem pela polícia por roubo.

Leia Mais

Mais lidas