Connect with us

Amazonas

Coronavírus: Governo confirma sete casos no AM

Published

on

O Amazonas tem sete casos confirmados do novo coronavírus. A informação foi repassada pelo Governo do estado em coletiva de imprensa online nesta sexta-feira (20). Outros 13 casos suspeitos aguardam resultado dos exames e 52 descartados.

Os casos vêm de países como Inglaterra, Espanha, Peru e Estados Unidos. Dois são de São Paulo e um está em investigação para conhecer a procedência.

O governador do estado, Wilson Lima, chegou a passar por exame após ter contato direto com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre – que testou positivo para a doença. Lima, porém, recebeu resultado negativo.

A diretora da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS), Rosemary Costa Pinto, informou ainda que o Amazonas recebeu 672 kits de teste para o novo coronavírus e afirmou que não há desabastecimento no estado. Ela alertou ainda que os casos suspeitos só devem procurar unidades de saúde em casos de sintomas graves.

“As pessoas estão esquecendo que estamos em pleno período sazonal, que vai até maio. Anualmente, nós sempre temos um aumento de gripes e resfriados nesse período do ano. Tivemos até agora quase 300 casos graves de Síndrome Respiratória Aguda (SRAG) que não foram pelo coronavírus, mas sim por outros, como Influenza A e B”, disse.

Novas medidas

Durante a coletiva, Wilson Lima informou que as aulas na rede estadual de educação foram suspensas em todos os municípios amazonenses. Além disso, o governador informou que as academias vão ser fechadas por 15 dias a contar desta quinta-feira (19).

Sobre a possibilidade de fechamento do Aeroporto Internacional de Manaus, Lima disse que ainda não há planos para que isso aconteça e reforçou que há um processo de triagem no terminal.

“É uma competência do Governo Federal, e ainda não é o caso de que isso aconteça”, disse.

Amazonas

Paciente que testou positivo para coronavírus no Amazonas está recuperada, diz governo

Published

on

Mulher de 39 anos que teve caso confirmado na última sexta-feira saiu do período de transmissibilidade da doença. Quatro casos suspeitos foram descartados.

A mulher que testou positivo para o coronavírus no Amazonas está recuperada e já saiu do período de transmissibilidade da doença, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Os últimos quatro casos suspeitos no estado foram descartados. No total, desde a primeira aparição de suspeitas, dos 15 casos notificados e investigados, 14 testaram negativo para o covid-19 no Amazonas.

Não houve nenhum novo registro de casos suspeitos nas últimas 48 horas, segundo o balanço mais recente, divulgado no final da tarde desta segunda-feira (16), após reunião do governador com representantes da saúde.

Segundo a FVS, a paciente que testou positivo, uma mulher de 39 anos que fez uma viagem recente para Londres, está recuperada e já saiu do período de transmissibilidade da doença. Ela, no entanto, não pode ser considerada como paciente curada. Para isso, é necessário que novos exames, após um período de 14 dias, testem negativo para o vírus.

“Ela continua em isolamento domiciliar, mesmo não representando mais risco de transmissão. Todas as pessoas que tiveram contato com ela foram monitoradas e nenhuma testou positivo para o Covid-19”, afirma o Governo do Amazonas.

“Aqui no Amazonas só temos um caso. Os demais casos suspeitos até agora foram descartados e, nas últimas 48 horas, não temos nenhum novo caso suspeito de coronavírus no Estado do Amazonas. É claro que amanhã pode ser uma outra situação. A gente espera que continue assim e que a gente possa diminuir o máximo possível a possibilidade de que isso possa se agravar”, afirmou o governador Wilson Lima

Primeiro caso do Norte

O Governo do Amazonas divulgou na última sexta-feira (13) o primeiro caso confirmado do novo coronavírus do estado – e primeiro no Norte. A mulher, de 39 anos, procedente de Londres. Segundo a FVS, ela encontra-se bem. Não ficou internada e está em isolamento domiciliar. A Fundação informou que contatos dela também estão sendo monitorados.

Desde então, medidas vem sendo adotadas por diversos órgãos como forma de prevenção por conta do vírus. Entre elas, o cancelamento de eventos para evitar aglomeração de pessoas, aulas em universidade pública e escolas municipais e até suspensão de viagens para servidores públicos do Governo do Estado para o exterior.

Continue Reading

Amazonas

Amazonas tem notificação de novo caso suspeito de coronavírus

Published

on

Boletim epidemiológico divulgado informa que há três casos suspeitos de coronavírus no estado e quatro descartados.

O Amazonas teve um novo caso suspeito de Coronavírus notificado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), segundo o nono boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (9). De acordo com o órgão, 253 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) foram notificados no Amazonas.

A FVS-AM informou que passou para três o número de casos suspeitos de Covid-19, o Coronavírus, no Amazonas, com a inclusão, neste fim de semana, de uma pessoa com registro de viagem recente para os Emirados Árabes Unidos.

O Amazonas continua com quatro casos descartados para Covid-19 e confirmados positivos para os seguintes vírus: Vìrus Sincicial Respiratório, Rinovírus e Coronavírus HKU 1 (vírus comum de resfriado).

As autoridades de saúde do Amazonas informaram que foram liberadas da quarentena as duas pessoas presentes no voo do primeiro paciente confirmado para o Covid-19 do país. As pessoas permanecem saudáveis.

Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)

De acordo com o boletim epidemiológico, entre os 253 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) registrados no Amazonas, 224 foram notificados em Manaus.

Destes, foram confirmados 49 casos por vírus respiratórios, sendo identificados 21 casos provocados por Adenovírus, 15 casos de Influenza B, seis para Vírus Sincicial Respiratório (VRS), quatro por Influenza A (H1N1), dois para Metapneumovírus e dois para Parainfluenza 1.

No total, foram registrados, a partir de novembro, 31 óbitos por SRAG, segundo a FVS. Nove deles foram por vírus respiratórios e 22 por outras síndromes respiratórias não virais. Os nove óbitos por vírus respiratórios foram de pessoas que moravam em Manaus, sendo 4 por Adenovírus, 3 por Influenza B, 1 por Vírus Sincicial Respiratório (VRS) e 1 por Metapneumovírus.

Ação de prevenção

Começam nesta semana as ações de vigilância sanitária em shoppings, bancos e cinemas, com o objetivo de orientar os estabelecimentos para estruturação para lavagens das mãos e a disponibilização de álcool em gel.

Para o gerente de produtos da FVS-AM, Jackson Alagoas, a missão é alcançar todos os shoppings de Manaus. “Sem dúvida o shopping é o local de intensa circulação, onde estrategicamente serão posicionados banners de orientação e etiqueta respiratória para os frequentadores do ambiente”, disse.

Continue Reading

Amazonas

Amazonas passa a realizar diagnóstico de novo coronavírus

Published

on

Segundo FVS, diagnóstico começa a ser realizado a partir de terça-feira (10).

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), recebeu do Ministério da Saúde (MS), nesta segunda-feira (9), 500 testes para o diagnóstico do Covid-19. O diagnóstico deve ter início nesta terça-feira (10).

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, explica que o Lacen-FVS conta com profissionais capacitados e equipamentos modernos.

“A partir de agora, o Amazonas passa a processar as próprias amostras de casos suspeitos de Covid-19, com a mesma qualidade aplicada nos processamento de outros vírus respiratórios”, informou.

Rosemary salienta que “quanto mais precoce diagnóstico, mais assertivo é o direcionamento das ações de vigilância e assistência”.

De acordo com a diretora do Lacen-FVS, Tirza Mattos, foram encaminhadas para o laboratório de referência três amostras de casos suspeitos. “Estamos em plena atualização dos nossos protocolos para a inserção de diagnóstico do Covid-19, e fornecer o resultado em 48h”, disse.

Atualmente, são quatro os laboratórios que realizam o teste para diagnóstico do coronavírus no Brasil. Os laboratórios de referência nacional são: Fiocruz, no Rio de Janeiro; Instituto Evandro Chagas (IEC), no Pará; e Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

O Laboratório Central de Goiás foi capacitado para a realização do exame específico para coronavírus dos brasileiros repatriados da China e que ficaram na base aérea de Anápolis (GO). Passam a realizar o diagnóstico os Lacen dos estados do Amazonas, Pará, Roraima, Bahia, Ceará, Pernambuco, Sergipe, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, contemplando todas as regiões do país.

Atualização epidemiológica do Covid-19 no Amazonas

A FVS-AM informa que passam a ser três casos suspeitos de Covid-19 no Amazonas, com a inclusão, neste fim de semana, de uma pessoa com registro de viagem recente para os Emirados Árabes Unidos.

O Amazonas continua com quatro casos descartados para Covid-19 e confirmados positivos para os seguintes vírus: Vírus Sincicial Respiratório, Rinovírus e Coronavírus HKU 1 (vírus comum de resfriado).

Monitorados

Segundo as autoridades de saúde do Amazonas, foram liberados do monitoramento as duas pessoas presentes no voo do primeiro paciente confirmado para o Covid-19 do País. As pessoas permanecem saudáveis.

Continue Reading

Mais lidas