Connect with us

Polícia

CPI dos combustíveis termina em pizza. Uma vergonha para as deputadas Joana Darc e Alessandra Campelo

Publicado

em

Manaus – Com 120 dias de atuação, a CPI dos Combustíveis terminou com gráficos feitos pelo Procon que acusa os deputados de querer ganhar vantagens em cima do trabalho órgão.

Enquanto o deputado Álvaro Campelo pediu a prorrogação da CPI, a parlamentar Alessandra Campelo disse que a prorrogação seria um gasto desnecessário, uma vez que o grupo de deputados encontrou dificuldades para provar a existência de cartel nos postos.

Para o diretor do Procon Rodrigo Guedes, os deputados tinham todos os instrumentos para a CPI ter um bom resultado.

“Os deputados podiam pedir prisão dos donos de postos, poderiam pedir condução coercitiva e entrar nos escritórios e apreender documentos. O que eles apresentaram é um relatório com gráficos feitos por nós Procon Manaus e Procon Amazonas, querem ganhar ponto com nosso trabalho. Joana Darc e Alessandra Campelo pediam de mim colete, pra quê colete? tirar fotinha? fazer de conta que fiscaliza?”, comentou Rodrigo.

A CPI quer devolver aos Procons a responsabilidade de fiscalizar se há ou não cartel nos postos.

Objetivo da CPI

O principal objetivo da CPI foi investigar,  a suposta prática de preços combinados (cartel) por parte dos donos dos postos de combustíveis e das distribuidoras no Estado. O requerimento de instalação da comissão também previa outros dois objetos: a variação de preços praticados na capital e interior e a composição de preços de venda dos combustíveis nas distribuidoras e seus reflexos no preço final do produto.

Leia Mais

Polícia

Jovem é executado por pistoleiros na zona leste de Manaus

Publicado

em

Renan Melo de Oliveira, 23, morreu após ser alvejado com vários disparos de arma de fogo, na noite deste sábado (20), na rua Eucalipto, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o crime aconteceu por volta de 22h40, quando Renan e um amigo de 21 anos, estavam na rua Eucalipto. Um carro modelo celta, de cor e placa ainda não identificadas, se aproximou dos jovens e disparou diversas vezes em direção a dupla, fugindo logo em seguida.

Os jovens foram socorridos e levados para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, onde por volta de 23h, Renan não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A outra vítima, de 21 anos, foi alvejado por quatro disparos de arma de fogo, em várias partes do corpo e segue internado no hospital. O caso corpo de Renan foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

 

Leia Mais

Amazonas

Após tentar fugir da polícia, homem é preso com drogas e armas na zona centro-oeste de Manaus

Publicado

em

Um homem, que não teve sua identidade revelada, foi preso em uma casa no beco Santa Terezinha, no bairro Dom Pedro, na zona centro-oeste da Capital, após tentar fugir da polícia nesta sexta-feira (19).

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, as equipes estavam patrulhando na região quando avistaram o suspeito, que tentou fugir pulando por telhados de casas no local, se escondendo em uma quitinete, posteriormente.

Após os policiais fazerem as buscas na região, encontraram o suspeito, com um revólver 38, seis munições, um simulacro caseiro, uma balança de precisão, um bloco de registros, além de 5 porções de cocaína, 21 porções de maconha e 242 pinos de cocaína.

O homem e seus pertences foram apreendidos e encaminhados ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com os procedimentos sendo adotados no local.

 

Leia Mais

Amazonas

Homem é esfaqueado pelo irmão durante briga familiar em Manaus

Publicado

em

Uma discussão entre familiares foi parar na polícia e no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, após um deles ser esfaqueado, enquanto tentava impedir uma briga. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (19), no bairro do Mutirão, na zona norte de Manaus.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, Breno dos Santos, 25, foi levado ao hospital com uma facada no braço. Segundo Santos, a confusão aconteceu após ele chegar em casa e ver o irmão brigando com a irmã, sendo esfaqueado enquanto tentava intervir.

Breno, antes de ser levado ao hospital, ficou agonizando, recebendo ajuda de sua família, posteriormente. Ele foi encaminhado para a emergência e não corre riscos de vida. O suspeito ainda não foi preso. A polícia civil deve assumir as investigações do caso.

De acordo com o hospital, Breno está consciente e ficará em observação pela equipe do hospital até receber alta médica.

 

Leia Mais

Mais lidas