Connect with us

Amazonas

Em nota Luiz Alberto Nicolau da Samel, repudia matéria da Crítica

Publicado

em

Neste sábado, o jornal A Crítica noticiou, na capa, que eu doei a quantia de R$ 500 mil para a campanha do meu irmão, Ricardo Nicolau, a prefeito de Manaus. Venho, por meio desta, confirmar que isso é a mais pura verdade. Fiz, sim, a doação, obedecendo a todas as exigências legais, e doarei o quanto mais a legislação brasileira me permitir. Dinheiro fruto de trabalho árduo no setor privado, com origem limpa.

A única candidatura que vou apoiar, investindo recursos dos meus próprios bolsos, sempre de maneira legal, é a do meu irmão Ricardo Nicolau. Ele é o único que tem competência para administrar a cidade de Manaus, assim como tem feito nas organizações da nossa família desde a juventude, passando também pelo Hospital dos Acidentados e pela Sociedade Pró-Saúde.

Posso afirmar que a maior financiadora da candidatura de Ricardo Nicolau será a nossa própria família, porque sei que meu irmão não aceitará receber dinheiro de empreiteiros, de “caixa 2” e tampouco tem interesse em manter contratos com o governo.

Aproveito para fazer o questionamento: por que este mesmo jornal, que publicou a notícia de forma jocosa, não noticiou quando o Grupo Samel doou R$ 1 milhão para abrir a conta bancária da prefeitura de Manaus e, assim, viabilizar a montagem do Hospital de Campanha Gilberto Novaes? E os outros milhões que investimos na transformação de uma escola em hospital em apenas quatro dias?

Por que não noticiaram os mais de R$ 5 milhões que o Grupo Samel investiu para manter o hospital de campanha funcionando por mais de dois meses e para realizar a missão humanitária que levou, gratuitamente, tecnologias e medicamentos de tratamento da Covid-19 para 58 municípios do interior do Amazonas, fretando inclusive dois aviões para isso? Ou quando ajudou na gestão do hospital de campanha de Roraima, a custo zero?

Eu respondo o porquê. Porque ajudar o próximo sem interesses não gera notícia. O Grupo Samel se mantém firme em suas atividades de responsabilidade social e, como já fez em vários estados do Brasil e na Bolívia, está com suas equipes na Colômbia, desde ontem (02/10), disponibilizando a Cápsula Vanessa e demais equipamentos, também sem custos.

Foi esse trabalho que tornou o Grupo referência nacional e internacional no combate ao novo coronavírus, salvando milhares de vidas, ao apostar no método Vanessa como a melhor forma de tratar o paciente, tendo inclusive contrariado tudo o que a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendavam de modo equivocado no início da pandemia.

Na crise de saúde pública mundial mais grave do século, não seria justo que o Grupo Samel virasse as costas para o povo de Manaus. Por isso, não medimos esforços para retribuir à sociedade tudo o que conseguimos conquistar, com muito suor e dedicação, em mais de 40 anos de um trabalho iniciado pelo nosso patriarca, o médico Dr. Luiz Fernando Nicolau.

O Grupo Samel continua à disposição para salvar vidas dos brasileiros e dos nossos irmãos de qualquer outro país, seja aonde e como for.

LUÍS ALBERTO SALDANHA NICOLAU
Diretor-presidente do Grupo Samel

Manaus, 3 de outubro de 2020.

Amazonas

Durango Duarte vira “pé frio” das pesquisas eleitorais no Amazonas após anos de erros

Publicado

em

Amazonas – Não é apenas pelas más amizades que o publicitário Durango Duarte é conhecido. Durante os últimos anos, Durango ganhou o título de “pé frio” das pesquisas eleitorais do Amazonas.

Praticamente todas as pesquisas que Durango divulga, basta inverter a ordem dos intermediários/últimos colocados e trocá-los para os primeiros, e ai estará a realidade. Isto quando o publicitário não omite intencionalmente nomes fortes, como fez em 2018 na eleição para Governador do Amazonas.

Em 2018, Durango lançou pesquisa com apenas dois nomes para Governador. Somente os que ele achava relevantes. Adivinhem quais:

Estratégia do “boicote por indicadores” 

Outra artimanha usada por Durango para tentar ludibriar o público e tentar tirar o brilho dos nomes que estão em alta na realidade, é divulgar indicadores e quantitavos falaciosos que tentem criar uma falsa taxa de rejeição.

No Amazonas, dentro do cenário eleitoral para Governo do Estado, é o governador Wilson Lima que tem sido alvo destes ataques de Durango. Após nem a própria Perspectiva conseguir mais esconder o crescimento da popularidade do Govenador do Amazonas, tanto na capital quanto no interior, o objetivo tem sido a estratégia da falácia por “shaming”, embasada em falsos números.

O “boicote por indicadores” de Durango herda a mesma estratégia dos “Institutos de Pesquisa” ao redor do país para tentar descredenciar o famoso “DataPovo” – o forte apoio popular nas ruas, por exemplo, ao presidente Jair Bolsonaro, que possui engajamento espontâneo ao qual adversários tentam parasitar. Fenômeno parecido começa a ocorrer com Wilson Lima, que não faz ataques políticos, mas é alvo destes.

Acumulando derrotas

Durango perdeu em 2014, com o senador Eduardo Braga, e em 2018, com Omar Aziz. Os erros até já fizeram o seu instituto mudar de nome algumas vezes (Pesquisa365/Pespectiva) e poucos no meio político levam a sério seus números.

Aposta em Omar vira piada

Novamente, Duarte tenta emplacar o nome de Omar. Em setembro de 2021, Durango tentou descaradamente vender uma falsa imagem positiva do seneador da “Maus Caminhos”. A pesquisa rendeu risos e memes na internet.

Na época, o que se dizia nos bastidores da política é que não dava pra dizer que Durango estava tentando “persuadir o eleitor”, porque nem o próprio Omar Aziz acreditava nesse número.

“Azarão” ou mal-intencionado?

O pré-candidato ao senado Coronel Menezes (PL), alvo constante de ataques de Durango, já explicou a motivação por trás das pesquisas do publicitário, que vão muito além de somente “vender o peixe de um amigo”.

Menezes disse: “Eu consigo entender o que leva esta figura a fazer esse tipo de ação. Ele sabe que se o seu protetor perder a eleição, os polpudos contratos que ele mantém com o Poder Público estarão seriamente ameaçados. Se eu vencer então, ele pode estar preparado que, dentro da lei, tudo que esse cidadão recebe do estado será fiscalizado com lupa. Ele não terá vida fácil, vou dedicar uma atenção especial à esta questão. Vai acabar essa verdadeira mamata dele”, afirmou Menezes.

Créditos: Portal CM7

Leia Mais

Amazonas

Homem é preso suspeito de participar de latrocínio em Anamã, no AM

Publicado

em

Um homem de 22 anos foi preso suspeito de participar de um latrocínio, roubo seguido de morte, no município de Anamã, no interior do Amazonas. Segundo a polícia, outros três suspeitos de participação no crime já tinham sido presos anteriormente.

De acordo com investigador do 81ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Anamã, Francisco Jaime Brito, o crime de latrocínio ocorreu no dia 14 de fevereiro deste ano, naquele município.

“Durante a 1ª fase da operação, chegamos à identidade de três suspeitos que foram presos no dia 28 de abril deste ano, em cumprimento a mandados de prisão preventiva em desfavor deles, pelo envolvimento na ação criminosa”, explicou o investigador.

As investigações sobre o crime seguiram e a polícia constatou a participação de um quarto envolvido no crime. Um mandado de prisão temporária foi solicitado à Justiça em nome dele.

“A ordem judicial foi expedida pela juíza Larissa Padilha Roriz Penna, da comarca de Anamã, e na tarde desta quinta, as equipes policiais da delegacia, efetuaram a prisão do indivíduo, em cumprimento a decisão judicial em desfavor dele”, disse Jaime Brito.

O suspeito irá responder pelo crime de latrocínio. Ele foi transferido para uma unidade prisional de Manaus, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia Mais

Amazonas

Homem é preso suspeito de abusar de duas crianças em banheiro de bar no interior do AM

Publicado

em

Um homem de 38 anos foi preso, no domingo (8), suspeito de abusar sexualmente de duas meninas de 8 e 9 anos, no banheiro de uma bar, em Manacapuru (distante 70 quilômetros de Manaus).

Segundo a polícia, o bar fica localizado no Balneário do Miriti. Na ocasião, o suspeito aproveitou que as duas meninas entraram sozinhas no banheiro para abusá-las. Ele chegou a tentar tirar as roupas da menina mais velha.

Entretanto, quando percebeu que havia sido flagrado por outros adultos, o homem tentou fugir, mas foi detido e agredido por populares.

O suspeito foi levado à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, e deverá responder por abuso sexual infantil.

Leia Mais

Mais lidas