Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Empresas de táxi aéreo auxiliam no combate à estiagem no Amazonas

Medida foi anunciada pelo Governo do Amazonas após uma reunião com os empresários. — Foto: Divulgação/Defesa Civil

As empresas de táxi aéreo e fornecedores de combustível que atuam no Amazonas vão auxiliar no enfrentamento à estiagem que assola o estado para garantir o abastecimento aéreo da região durante o período de seca. A medida foi anunciada pelo Governo do Amazonas após uma reunião com os empresários, no sábado (14).

De acordo com o governo, a estiagem é severa e afeta quase todos os municípios do estado, com Manaus já registrando a terceira maior seca da história. Além disso, o número de queimadas em outubro é recorde, causando uma grande quantidade de fumaça na capital e nos municípios da Região Metropolitana.

Diante dessa situação, o governo afirma que medidas preventivas são necessárias para minimizar os impactos, principalmente no abastecimento de áreas remotas e de difícil acesso por vias fluviais.

Durante a reunião, foram discutidos detalhes logísticos para garantir a disponibilidade de combustível para as aeronaves que atenderão às demandas emergenciais e operacionais. Também foram abordados temas como o mapeamento de rotas estratégicas, a criação de pontos de abastecimento aéreo e o compartilhamento de informações entre os participantes.

Segundo o governo, representantes das empresas de táxi aéreo reafirmaram o compromisso de auxiliar a população durante o período de seca e se colocaram à disposição para trabalhar em conjunto com o comitê. Já os fornecedores de combustível garantiram que estarão preparados para atender a demanda e aumentarão seus estoques nas áreas mais afetadas pela estiagem.

O secretário da Defesa Civil do Amazonas, coronel Máximo, ressaltou a importância da união de esforços entre o Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Estiagem, empresas de táxi aéreo e fornecedores de combustível para enfrentar os desafios causados pela seca. Ele destacou que essa parceria estratégica permitirá a entrega ágil e eficiente de suprimentos, equipamentos e equipes em locais de difícil acesso, contribuindo para minimizar os impactos da estiagem.