Connect with us

Polícia

Explosivos que seriam usados para colocar fogo em máquinas utilizadas em desocupação são apreendidas pela SSP-AM

Publicado

em

Segundo o órgão, traficantes aproveitaram o ato e atearam fogo em uma barricada.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) apreendeu coquetéis molotov no Conjunto Residencial Viver Melhor durante uma manifestação de moradores pela circulação de ônibus na área, na terça-feira (4). Segundo o órgão, traficantes aproveitaram o ato e atearam fogo em uma barricada. Os materiais explosivos seriam usados por eles para tacar fogo em máquinas usadas para a desocupação da invasão Monte Horebe.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, a manifestação teve a participação de traficantes contrários à desocupação do Monte Horebe, área ocupada irregularmente e que passa por processo de reintegração de posse.

Os traficantes, de acordo com o titular da SSP-AM, aproveitaram o momento em que moradores do Viver Melhor faziam uma manifestação pedindo melhorias do sistema de ônibus e atearam fogo em uma barricada com coquetéis molotov.

Bonates adiantou que eles já foram identificados e que as forças de segurança agora trabalham para prender os responsáveis.

“O Viver Melhor estava fazendo um manifesto em razão dos ônibus. Os traficantes se aproveitaram desse momento para tentar tumultuar, suspender os trabalhos. Tentaram, inclusive, tacar fogo nas nossas máquinas, mas foram localizados na hora e correram. Não conseguiram, largaram as bombas lá perto das máquinas”, disse o secretário, ao adiantar que a polícia identificou os responsáveis pelo tumulto e já realiza buscas.

Demolição

A demolição de barracos no Monte Horebe, assim que desocupados pelas famílias após assinatura de acordo para solução de moradia, evita que outras pessoas tentem se passar por moradores para conseguir o aluguel-social de R$ 600, que será concedido a cada família.

“Alguns barracos já haviam sido identificados, já tinham passado por toda a triagem. Essas pessoas concordaram com a ação, desocuparam os barracos e outras pessoas, tentando dividir a família em três, estão tentando ocupar esses barracos. Como nós estamos destruindo logo após ele ser desocupado, essas pessoas estão reclamando que não estão conseguindo reocupá-los”, afirmou o secretário.

Leia Mais
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =

Amazonas

Trio é preso após invadir e roubar casa na zona norte de Manaus

Publicado

em

A dona da residência ainda não foi localizada e o material recuperado foi apresentado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP)

Dois homens e uma mulher foram presos em flagrante por roubarem uma casa, na madrugada desta sexta-feira (22), na rua 12, quadra 34, da comunidade Oswaldo Frota, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

De acordo com policiais da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), vizinhos viram quando um quarteto chegou na frente da casa, em um carro modelo Palio e entraram na casa durante a madrugada.

Eles fizeram a denuncia e os policiais militares foram até o local. Com a aproximação da polícia um deles fugiu e deixou os três comparsas para trás. Os dois homens e a mulher, tentaram fugir por uma área de mata, mas os policiais continuaram os perseguindo.

O trio então resolveu voltar para a residência onde se trancaram, tentando despistar os policiais militares, mas sem sucesso. Na área de mata, foram encontrados os pertences da casa furtados na área de mata, como ar-condicionado, televisores e outros eletrodomésticos.

Ainda segundo a 15ª Cicom, um dos suspeitos disse que conhecia a dona da casa e sabia que a residência estaria vazia, foi quando combinou o crime. O trio já tinha passagem por diversos crimes, como roubo, furto e tráfico de drogas.

Vizinhos também alertaram os policiais militares que o veículo, tinha sido abandonado na rua Panamá, bairro Nova Cidade, próximo do local e que o grupo, já estava passando pelas redondezas havia alguns dias.

A dona da residência ainda não foi localizada e o material recuperado foi apresentado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o caso foi registrado.

 

Leia Mais

Amazonas

Homem é preso após usar fotos de crianças doentes para pedir dinheiro na internet

Publicado

em

Sem permissão de mães, o suspeito alegava em postagens nas redes sociais que iria comprar medicamentos para as crianças

Um homem identificado como Breno Lira, mais conhecido como bispo Rafael, 28, foi preso suspeito de usar fotos de crianças doentes para pedir dinheiro e supostamente comprar medicamentos. O homem foi preso na tarde desta quarta-feira (20) por equipes do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Breno pedia dinheiro em suas redes sociais, usando as imagens das crianças e dizia que iria comprar os medicamentos que elas precisavam. Além de não autorizar o uso das imagens das crianças, as mães não o conheciam e formalizaram a denúncia.

Algumas mães estiveram na sede do 5º DIP par acompanhar as diligências da equipe policial e relataram que o homem agiu de má fé. Breno ficará à disposição da Justiça e deve responder pelo crime de estelionato.

Fonte: D24am.

 

Leia Mais

Amazonas

Polícia Civil prende segundo envolvido na morte de capitão da PM

Publicado

em

“Maicon”, foi preso nesta quinta-feira(14) em cumprimento a mandado de prisão temporária

Hitalo Guimarães de Souza, 18, vulgo “Maicon”, foi preso nesta quinta-feira(14) em cumprimento a mandado de prisão temporária. O suspeito é apontado como envolvido no latrocínio do capitão da Polícia Militar, Deivide de Souza Chaves, ocorrido na última terça-feira (12), na zona leste de Manaus.

De acordo com a polícia, Hitalo, quando adolescente, teve passagens por roubo e tráfico de drogas.

Na quarta-feira, o primeiro envolvido no crime foi preso por policiais militares da Força Tática. Ele foi levado para a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), onde prestou depoimento.

Conforme o delegado Aldeney Góes, titular da Derfd, a partir das informações prestadas pelo homem, os policiais civis, em uma ação coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), foram ao conjunto Castanheiras, zona leste, onde prenderam Hitalo.

“José apontou o Hitalo como um dos homens que estava no carro durante o crime que vitimou o capitão. O suspeito é conhecido pela alcunha de Maicon. Nós fizemos uma acareação dos dois suspeitos e foi comprovado o envolvimento do Hitalo, mas ele nega o envolvimento”, explicou o delegado.

O suspeito foi autuado pelo crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e vai ser encaminhado para uma unidade prisional.

Ainda segundo o delegado, o autor dos disparos contra a vítima, identificado como Gabriel Coelho do Amaral, conhecido como “Macaco”, está foragido e um mandado de prisão temporária já foi expedido em nome dele.

Leia Mais

Mais lidas