Connect with us

Amazonas

Hissa Abrahão é citado duas vezes em lista de irregulares do TCE-AM

Publicado

em

Tribunal de Contas do Amazonas entregou à Justiça Eleitoral lista com 616 gestores que tiveram contas reprovadas nos últimos 8 anos. Nomes podem ser barrados das eleições desse ano. Confira a lista completa

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) divulgou, hoje (14), a lista com 616 gestores públicos do Amazonas — da capital e do interior com contas reprovadas pelo órgão nos últimos oito anos.

Dentre os nomes conhecidos pelo público, está o de Hissa Abraão, ex-deputado federal pelo PDT, mas hoje filiado ao PPS; do ex titular da extinta Semjel, Fabricio Silva Lima citado quatro vezes, três pela Semjel e outra pelo Fundo Estadual De Esporte E Lazer – Feel; do ex-comandante da polícia, Dan Câmara; Antônio Dias Dos Santos, do Corpo De Bombeiros; Auxiliadora Abrantes Pinto, da Seas.

O ex-vereador pelo PDT, Luis Augusto Mitoso Junior; Orsine Rufino De Oliveira Júnior, da Empresa Estadual De Turismo – Amazonastur; Wilson Duarte Alecrim da Secretaria De Estado De Saúde – Susam, pelo ano de 2015.

Outro nome citado foi o do vereador Gedeão Amorim (MDB) que é candidato a reeleição. Ele teve as contas reprovadas em 5 processos nos anos de 2014 e 2015 pela Secretaria De Estado Da Educação E Qualidade Do Ensino – Seduc. A ex-secretária Iranildes Gonzaga Caldas da Secretaria de Estado de Assistência Social e do Trabalho e da Secretaria de Estado do Trabalho – Setrab em 2015, também foi citada.

Estiveram presentes na coletiva o procurador Regional Eleitoral do Ministério Público Federal, Rafael da Silva Rocha, o subprocurador-geral para assuntos administrativos, Mauro Vera e foi presidida pelo conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Amazonas, Mario de Mello. Também participou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Aristóteles Lima Thury.

Mario de Mello afirmou que a lista do tribunal não deixa os gestores inelegíveis. “Somente a Justiça Eleitoral pode decretar a inelegibilidade. O processo de elaboração da listagem dos gestores reforça o sistema de proteção da Administração, na medida em que funciona como método de repressão aos maus gestores, servindo de instrumento para que os órgãos competente promovam e desenvolvam meios de afastar a possibilidade de que tais agentes voltem a administrar recursos públicos”, disse.

Contas como um dos critérios para decretar a inelegibilidade dos candidatos.

De acordo com o TCE, a listagem, com cópias impressas dos autos e digitalizadas em DVDs, foi encaminhada aos gabinetes do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Aristóteles Lima Thury, ao procurador Regional Eleitoral, Rafael da Silva Rocha, e à procuradora-geral de Justiça, Leda Mara Nascimento Albuquerque, antes da coletiva.

Os dados, também, já foram inseridos no SIS Contas Eleitoral, sistema da Justiça Eleitoral que é acessado, simultaneamente, por todos os juízes, procuradores e promotores envolvidos no processo eleitoral.

Os 616 gestores contas reprovadas da lista representam um total 1.064 processos encaminhados aos TRE, MPF e MPE, isso porque alguns deles têm mais de cinco prestações de contas reprovadas, como é o caso da ex-secretária de Estado Assistência Social, Graça Prola, que tem 12 processos, e da ex-secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, com sete.

No âmbito municipal, figuram entre os campeões de prestações de contas rejeitadas: Tiago Lisboa (10 processos); e Wilson Lisboa (7 processos), ambos de Fonte Boa; além de Antônio Peixoto, de Itacoatiara, com cinco prestações de contas rejeitadas, entre outros. Dos 350 gestores com contas reprovadas nos municípios do interior, 19 estão em Coari, 17 em Manacapuru, 15 em Uarini, 13 em Iranduba e 11 em Fonte Boa.

As secretarias de governo somam 84 gestores e ex-gestores na lista de reprovados. Já na Prefeitura de Manaus são 31 o total de ordenadores que estão em risco de ser barrados na eleição deste ano.

Amazonas

Trio invade casa e executa homem a tiros no Jorge Teixeira

Publicado

em

Dhulio Lira da Silva, 25, foi executado a tiros na madrugada deste sábado (27), em sua casa que ficava na Rua Jambu, bairro Jorge Teixeira, zona leste. Três homens foram ao local e dispararam várias vezes contra a vítima que morreu antes da chegada do socorro.

De acordo com a polícia militar, que atenderam a ocorrência, por volta das 04h, foram acionados para irem a Rua Jambu, que no local havia um homicídio. Em uma casa, os policiais encontraram um homem morto.

Os moradores da área informaram a polícia que três homens, que estavam em um veículo modelo Ka, de cor preta, foram ao local, invadiram a residência da vítima e efetuaram vários disparos. Dhulio morreu antes da chegada do socorro.

Agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram ao local remover o corpo para levar para sede do órgão na zona norte para exame de necropsia. A delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

Fonte: D24am

Leia Mais

Amazonas

Homem é encontrado morto em banheiro de quitinete na zona leste de Manaus

Publicado

em

André Ferreira de Souza, 44, foi encontrado morto na noite desta sexta-feira (26), na quitinete que morava, na Rua Leopoldina, bairro Grande Vitória, zona leste de Manaus. A vítima estava no banheiro, próximo ao vaso sanitário.

A família do homem informou à polícia que André não foi ao trabalho nesta sexta e também não esteve na casa da mãe. A irmã, preocupada, resolveu ir até a casa dele e já encontrou o homem sem vida.

“Ao chegar no local, ela encontrou a vítima já em estado de óbito, jogada no banheiro, com sinais de hematomas e perfurações com objeto perfuro cortante, que a gente não consegue identificar até então”, explicou o capitão João Paulo, do CPA Leste. Os familiares não conseguiram identificar se algo da vítima foi levado.

O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) (Foto: Divulgação)

“A família relatou que trata-se de um homossexual e infelizmente existe essa situação de violência muito grande, mas isso vai ser investigado pela polícia civil”, destacou o capitão.

O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

 

Leia Mais

Amazonas

Homem é executado a tiros em quadra de esporte da zona sul de Manaus

Publicado

em

Paulo Victor Ferreira de oliveira, 22, foi executado com quatro tiros na tarde de sexta-feira (26), na quadra de esportes que fica na Rua Guanabara, Bairro Santa Luzia, zona sul de Manaus. Segundo a polícia, um homem, que não foi identificado, foi ao local e atirou várias vezes contra a vítima que ainda chegou a ser socorrida, levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Sul, no Bairro Colônia Oliveira machado, mas acabou morrendo no local.

Segundo os policiais militares da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volt das 16h, a equipe foi chamada para atender a ocorrência de um suposto homicídio na quadra do CDC do Santa Luzia. Ao chegar no local, a vítima já havia sido socorrida e levada ao SPA Zona Sul. No local, populares informaram a polícia que um homem chegou à quadra e foi em direção da vítima e disparou várias vezes. Após o fato a população levou Paulo ao hospital.

Os agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram ao SPA zona sul para fazer a remoção do corpo e no relatório do órgão apontou que ele morreu por disparo de arma de fogo na região da cabeça. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

 

Leia Mais

Mais lidas