Levantamento mostra que Brasil possui, no mínimo, 53 facções criminosas

Brasil – O país tem ao menos 53 facções criminosas em atuação, sendo que cada Estado e o Distrito Federal têm ao menos 1 grupo com presença registrada. Organizações do crime como PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho) se rivalizam na disputa por territórios e têm atuação nacional.

A facção de origem paulista está presente no DF e em outros 24 Estados. Já o grupo nascido no Rio de Janeiro atua em 13 Estados, além do DF. Os dados são da edição especial do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta 2ª feira (25) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Veja na íntegra: anuario-2022-ed-especial

Os dados sobre a atuação das facções foram levantados com base em registros de órgãos federais e estaduais, como a PF (Polícia Federal), Abin (Agência Brasileira de Inteligência), secretarias de Segurança, promotorias e tribunais de Justiça. A compilação foi feita pelo Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV.

Conforme o levantamento, o PCC tem 35.000 integrantes e é a maior organização criminosa no país. O grupo tem atividades em outros países, como Paraguai e ligações com outros grupos criminosos, como a máfia italiana ‘Ndrangheta.

O PCC atua no tráfico de drogas e exporta os entorpecentes para países da Europa, África e Ásia. Também opera lavagem de dinheiro.

Das 27 unidades da Federação, 4 têm o domínio de uma só facção: São Paulo, Mato Grosso do Sul e Piauí (PCC). Mato Grosso tem a predominância do Comando Vermelho.

Violência

Os dados do Anuário mostram indicadores de violência em cada Estado e no Distrito Federal. Em 2021, foram 6.145 mortes decorrentes de intervenções policiais em todo país.

O Brasil também registrou 39.961 homicídios dolosos em 2021.

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.