Connect with us

Amazonas

Jogo sujo: Deputado Fausto Jr usa estrutura da Assembleia para tentar ajudar Amazonino

Publicado

em

Aliado do candidato a prefeito de Manaus Amazonino Mendes (Podemos), o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM), deputado Fausto Júnior (PRTB), decidiu usar a estrutura do Parlamento para intervir nas eleições municipais da capital.

À frente de uma CPI criada para investigar a gestão da Saúde nos governos do Amazonas no período de 2011 a 2020, Fausto focou em quatro meses do ano de 2017 e conseguiu aprovar um requerimento com colegas para convocar o adversário de Amazonino no segundo turno, David Almeida (Avante).

Chamou a atenção a decisão de convocar o candidato do Avante, um mês depois que os membros da CPI da Saúde entregaram, segundo eles próprios, o relatório final da comissão para os órgãos fiscalizadores, entre eles o Ministério Público Federal (MPF).

Os deputados Delegado Péricles e Fausto Júnior: entrega do relatório final da CPI da Saúde ao procurador-chefe do MPF, Thiago Corrêa (Reprodução/Facebook)
No dia 21 de outubro deste ano, Fausto Júnior e o presidente da CPI, deputado Delegado Péricles (PSL), informaram, na imprensa, que as investigações da CPI da Saúde tinham sido encerradas após 120 dias de apuração.

Em fotos nas redes sociais, os dois registraram o momento em que entregaram o fechamento do relatório ao procurador-chefe do MPF no Amazonas, Thiago Corrêa.

Investigação seletiva

O requerimento de convocação de David foi aprovado a quatro dias do pleito de domingo, 29 de novembro, sob a justificativa de terem sido encontrados novos “fatos de irregularidades” na investigação da CPI há quatro meses.

“CONSIDERANDO os fatos e respectivas irregularidades encontradas no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI da Saúde), ocorrida entre os dias 26/05/2020 a 29/09/2020”.

Na época, o candidato do Avante foi até a Assembleia Legislativa tentar fazer esclarecimentos, mas foi barrado pelos membros da CPI da Saúde, cuja a maioria dos membros é da base aliada de Amazonino Mendes.

“Esta CPI não investiga diretamente pessoas, mas apura fatos supostamente ilegais e, com o desencadear nas investigações, a relação desses fatos com pessoas, as trazem aqui para serem ouvidas”, disse David, na época.

Amazonino foi governador suplementar no ano de 2017 a 2018, quando foram realizados mais de 55 contratações sem licitação pelo ex-secretário de Saúde de Amazonino, Francisco Deodato, hoje, coordenador de campanha do candidato.

Sobre a administração estadual de Amazonino Mendes nesse período, a comissão não fala, atualmente, de convocações.

Esquivou-se

Segundo Fausto Júnior, o pedido para chamar David Almeida é embasado no inciso V do art. 26 c/c 180 do Regimento Interno da ALE/AM, que dispõe em seu artigo 26 que a competência das Comissões abrange de forma ampla assuntos correlatos às áreas temáticas.

Procurado pela REVISTA CENARIUM, o deputado aliado de Amazonino, Fausto Júnior, não quis conceder entrevista e nem respondeu aos questionamentos abaixo:

1) Como funcionará a tramitação de convocação para que o candidato David Almeida deponha na CPI da Saúde?

2) Por que o candidato Amazonino Mendes não foi chamado para depor na mesma CPI?

3) Há conflito de interesses, uma vez que o vice de Amazonino é o deputado estadual Wilker Barreto, membro da CPI da Saúde e seu aliado?

Fonte: Revista Cenarium

Amazonas

Prefeitura de Manaus começa vacinar pessoas de 36 anos nesta sexta (18)

Publicado

em

A prefeitura de Manaus anunciou para esta sexta-feira (18) o começo da vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 36 anos.

A imunização pode ser feita em quatro pontos de Manaus, das 18h às 22h:

  • Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, localizado no bairro Cidade Nova, zona Norte
  • Centro de Convenções Studio 5, localizado no Japiim, zona Sul
  • Clube do Trabalhador – Sesi, localizado no bairro Coroado, zona Leste
  • sambódromo, localizado no Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus

 

Nesta sexta começaram a receber a dose do imunizante pessoas de 37 e 38 anos. O novo grupo se soma ao de 39 anos, nascido de julho a dezembro, que já estava programado para receber a primeira dose nesta data. Os nascidos entre janeiro e junho começaram a ser imunizados na quinta-feira (17).

Para a vacinação, é obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto, e CPF. Quem vai se vacinar por faixa etária também precisa apresentar comprovante de residência (original e cópia) que ateste moradia em Manaus.

Os outros grupos devem consultar a exigência de documentos específicos no site da Semsa.

Leia Mais

Amazonas

Homem que estuprou e matou menina é torturado e tem pênis cortado na cadeia

Publicado

em

O indígena de 20 anos, que havia sido preso na tarde desta terça-feira (15) após estuprar e matar uma criança de apenas cinco anos, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (18) no presídio de Parintins, interior do Amazonas. Ele teria sido torturado por outros presidiários e teve o pênis arrancado como punição pelo crime que cometeu.

Segundo informações da Polícia Militar (PM/AM), o índio contou detalhadamente o crime com bastante frieza. Na confissão, ele disse que teria bebido bastante e avistado a criança. Ele a chamou para olhar o celular dele, e quando ela se aproximou, a agarrou. Em seguida, arrastou a menina para o rio e a matou afogada.

Depois de morta ele amarrou os braços e as pernas com as próprias roupas dela para dificultar o encontro do cadáver.

O crime só foi descoberto por causa de uma outra criança que teria visto o índio com a garotinha às margens do rio. O corpo da criança foi encontrado na tarde de ontem.  O momento foi de muita dor e desespero depois que a mãe recebeu o corpo da filha morta.

A situação gerou revolta em todo o estado e em todas as cadeias do Amazonas. Ele então foi torturado e morto por outros criminosos.

Leia Mais

Amazonas

Registrados mais 620 casos novos de Covid-19 e 15 mortes confirmadas no Amazonas

Publicado

em

Amazonas – O estado registrou o diagnóstico de 620 novos casos de Covid-19, totalizando 395.724 casos da doença no estado até esta quinta-feira (17), segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Foram confirmados 15 óbitos por Covid-19, sendo seis ocorridos no dia 16 e nove óbitos após investigação, elevando para 13.197 o total de mortes pela doença.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, nesta quarta-feira (16), foram registrados cinco sepultamentos por Covid-19.

O boletim acrescenta, ainda, que 43.053 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde.

Leia Mais

Mais lidas