Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Manaus será sede de importantes reuniões técnicas do G20

Reuniões devem ocorrer nos meses de março, junho, setembro e novembro do próximo ano. — Foto: William Duarte/Rede Amazônica

Manaus é escolhida como sede de oito reuniões técnicas em preparação para o G20

A cidade de Manaus se prepara para sediar pelo menos oito reuniões técnicas em preparação para o G20, uma das maiores cúpulas econômicas mundiais. O evento, que acontecerá no Rio de Janeiro em 2024, tem como objetivo reunir ministros da Economia e presidentes dos Bancos Centrais de 19 países e da União Europeia para discutir os principais desafios econômicos globais.

O Brasil assumirá a presidência rotativa do G20 em dezembro deste ano, sucedendo a Índia. Essa posição traz para o país a responsabilidade de organizar e sediar diversas reuniões preparatórias ao longo dos próximos anos. As datas exatas dos encontros ainda não foram divulgadas pelo Governo Federal, porém, espera-se que ocorram nos meses de março, junho, setembro e novembro do próximo ano.

O G20 é composto por países como África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos, Índia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, entre outros. Juntas, essas nações representam cerca de 80% da economia global.

A criação do G20 foi uma resposta às crises econômicas que assolaram o mundo na década de 1990. O objetivo era reunir os líderes desses países para discutir soluções para os desafios econômicos, políticos e de saúde que afetam a comunidade global. Desde então, anualmente, os líderes se reúnem durante dois dias e publicam um comunicado final com as conclusões dos encontros.

Além das reuniões plenárias, os encontros bilaterais entre os líderes também desempenham um papel importante nas discussões do G20. O diálogo entre os diferentes governos é fundamental para que sejam encontradas soluções conjuntas para os problemas econômicos que afetam o mundo inteiro.

Com a escolha de Manaus como sede das reuniões preparatórias, o Brasil reforça sua posição como um ator importante no cenário mundial. Essa oportunidade traz a possibilidade de fortalecer laços com outros países e contribuir para o desenvolvimento econômico e político global. Estaremos atentos aos próximos passos e às decisões tomadas durante esses encontros, que certamente terão impacto em todo o mundo.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/20/manaus-vai-sediar-reunioes-tecnicas-do-g20.ghtml