Connect with us

Manaus

Médico suspeito de fraudar laudos para vagas de PcD em Manaus é denunciado pelo MPF por falsidade ideológica

Publicado

em

Procuradores também pedem condenação por dano moral coletivo, com pagamento de indenização no valor de R$ 161.136.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou um médico por fraudar laudos para forjar o cumprimento da cota de pessoas com deficiência entre os trabalhadores de uma empresa de Manaus, pela qual ele era contratado como médico do trabalho. O MP pede a condenação por falsidade ideológica, além de uma indenização por dano moral coletivo.

Segundo o Ministério Público, a fraude foi identificada por fiscais da Secretaria Regional do Trabalho e Emprego no Amazonas (SRTE/AM) em quatro laudos caracterizadores de deficiência, assinados pelo médico e apresentados à fiscalização do trabalho em 2015.

Os quatro funcionários que tiveram os laudos fraudados não preenchiam os requisitos previstos no artigo 4º, inciso II, do Decreto nº 3.298/99 – sobre Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência -, que caracterizam a pessoa com deficiência, e não podiam ser requisitados para preenchimento da cota mínima de trabalhadores com deficiência que a empresa é obrigada a manter em seus quadros.

Uma perícia da Polícia Federal apontou que as informações dos laudos feitos pelo médico não correspondiam aos exames de avaliação audiológica dos funcionários, o que indicou que a fraude foi produzida pelo médico.

Durante o inquérito, ele chegou a apresentou cópia de processo em que o Conselho Regional de Medicina (CRM) o absolveu administrativamente por entender, dentre outras, que ele teria apenas utilizado parâmetros desatualizados contidos na versão anterior do Decreto nº 3.289/99.
Outro indicador da irregularidade, segundo o MPF, é que os laudos foram confeccionados após o início da fiscalização da Secretaria Regional do Trabalho e Emprego no Amazonas (SRTE/AM), em 2015, o que não faz sentido considerando que os trabalhadores foram contratados em 2011 pela empresa.

Além de falsidade ideológica, o Ministério Público Federal também pediu que a Justiça Federal condene o médico por dano moral coletivo, ao pagamento de indenização no valor de R$ 161.136, por emitir os quatro laudos falsos que resultaram na não contratação de quatro pessoas com deficiência pela empresa.

Manaus

Em Manaus, 250 quilos de maconha são apreendidos dentro de carro

Publicado

em

Em Manaus, dois homens foram presos e 250 quilos de maconha apreendidos durante uma fiscalização em veículos na ponte Rio Negro.

A prisão aconteceu por volta das 19h, de segunda-feira (9).

De acordo com o Departamento de Repressão ao crime organizado (DRCO), da Polícia Civil, a operação aconteceu após denuncias anônimas, que informaram que os homens fariam o transporte do material de Manacapuru para Manaus. As drogas foram apreendidas em um veículo, modelo Jeep.

Os homens foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Leia Mais

Manaus

Motorista de aplicativo é preso suspeito de assaltar passageiros em Manaus

Publicado

em

Um motorista de aplicativo de 44 anos foi preso, nessa segunda-feira (9), suspeito de assaltar os próprios passageiros, em Manaus. Outro homem, apontado como comparsa do motorista, também foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, a dupla fez pelo menos 10 vítimas. Durante as corridas por aplicativo, o motorista levava os passageiros para uma rua mais afastada, onde anunciava o assalto.

Enquanto isso, o comparsa acompanhava a corrida em uma moto, e só se aproximava do carro no momento do assalto.

“O suspeito que ficava na motocicleta, inclusive, usava um colete de mototaxista, quando o carro desacelerava ele se aproximava , eles queriam o celular pra fazer transferências via PIX”, informou o delegado Denis Pinho, responsável por investigar o caso.

Segundo as investigações que apuram o caso, só uma das vítimas foi obrigado a transferir cerca de R$45 mil para a conta utilizada pelos suspeitos.

O carro utilizado pela dupla também foi apreendido. Em depoimento à polícia, eles confessaram os crimes.

Uma terceira pessoa também foi presa por receptação. A polícia afirma que ela foi encontrada com um dos celulares roubados pela dupla.

Conforme o delegado, as investigações seguem em andamento.

Leia Mais

Manaus

Suspeito de envolvimento em dez homicídios é preso em Manaus

Publicado

em

Em Manaus, um homem de 24 anos foi preso, na tarde de terça-feira (10), após ser apontado como suspeito de envolvimento em pelo menos 10 homicídios. A prisão aconteceu no bairro Aleixo, na zona centro-sul da capital.

Segundo a Polícia Civil, o homem é considerado de alta periculosidade e, somente na Zona Norte da cidade, é investigado por quatro homicídios.

Um dos homicídios em que o homem é investigado aconteceu no dia 16 de dezembro de 2020, no bairro Nova Cidade, em que o dono de uma marmoraria foi assassinado a tiros.

O mandado de prisão contra o homem foi expedido em março deste ano. Ele já tem passagem pela polícia por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Leia Mais

Mais lidas