" >Montado para combate à Covid-19, Hospital de referência em Manaus será desativado, diz governo – Acorda manaus
Connect with us

Manaus

Montado para combate à Covid-19, Hospital de referência em Manaus será desativado, diz governo

Published

on

Segundo a Secretaria de Saúde, unidade vai manter ala destinada a pacientes indígenas.

Após quase três meses de funcionamento, o Hospital Nilton Lins – montado para ampliar a capacidade de atendimento da saúde pública no combate à Covid-19 em Manaus – será desativado nesta segunda-feira (6). A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) informou que a unidade vai manter a ala destinada a pacientes indígenas.

De acordo com a atualização mais recente, atualizada às 11h deste sábado (4), sete pacientes ainda estavam internados na unidade hospitalar, sendo três indígenas e quatro não indígenas, todos em leitos clínicos. Os dados apontam ainda que a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de Covid-19 em Manaus é de 51% e de leitos clínicos é de 43%. Para outros tratamentos, a taxa de ocupação de UTI é de 70% e leitos clínicos de 69%.

O Amazonas ultrapassou, neste domingo, a marca de 76 mil casos de Covid-19, com 2.929 mortes pela doença em todo o estado.

O hospital Nilton Lins foi aberto no dia 18 de abril e atualmente possui 148 leitos, sendo 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 108 clínicos. Desses, 59 são leitos da ala montada com o apoio do Governo Federal para o atendimento exclusivo de indígenas.

Conforme anunciando pela Susam, desde a última sexta-feira (3), quatro pacientes foram transferidos para outras unidades de saúde do Estado, como o hospital de referência no tratamento da doença, Delphina Aziz, na Zona Norte de Manaus, e o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo na Zona Leste.

Com o encerramento do funcionamento do hospital, os equipamentos serão redistribuídos nas unidades da rede estadual de saúde para dar continuidade aos atendimentos.

Manaus

Ex-detento é morto com 19 tiros dentro de loja de pneus em Manaus

Published

on

Esposa aguardava com o filho bebê do lado de fora do estabelecimento e presenciou o assassinato, segundo a polícia.

Um ex-detento de 38 anos foi morto com 19 tiros enquanto fazia compras em uma loja de pneus, em Manaus, na tarde desta quarta-feira (25). A esposa aguardava com o filho bebê do lado de fora do estabelecimento e presenciou o assassinato, segundo a polícia.

Logo após o crime, a mulher e a criança foram imediatamente retiradas do local. As motivações ainda são desconhecidas, mas a polícia acredita que pelas características do crime o caso seja um acerto de contas.

De acordo com informações da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), quatro homens armados chegaram em um carro, entraram na loja e efetuaram os disparos.

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, contou que estava chegando ao estabelecimento quando presenciou o crime.

“Presenciei tudo de dentro do meu carro. Eu iria descer, mas percebi a movimentação e tive a reação apenas de não entrar na loja. Ele (vítima) entrou e, logo em seguida, veio o primeiro elemento e atirou. Em seguida, os outros homens entraram e atiraram também. Ele caiu já desacordado”, informou.

As câmeras de segurança registraram o momento do crime. As imagens devem ser utilizadas para ajudar nas investigações.

“Foi um crime muito audacioso. Os criminosos entraram em um lugar desses, com 50 câmeras, de cara limpa, e cometeram esse homicídio. Eles vieram prontos para matar”, afirmou o delegado Fábio Silva, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo.

Continue Reading

Manaus

Muro de condomínio desaba e entulho se espalha por rua em Manaus

Published

on

Motoristas e pedestres enfrentam dificuldades para passar pela Rua João Alfredo, no bairro da Paz.

O muro de um condomínio que está em fase de construção desabou no início da manhã desta quarta-feira (25), no bairro da Paz, em Manaus. Uma grande quantidade barro e entulho se espalhou pela Rua João Alfredo e causou transtorno aos pedestres e condutores de veículos. Ninguém ficou ferido.

O caso aconteceu por volta das 7h, durante a chuva que atinge a capital desde as primeiras horas da manhã. O condomínio é de uma construtora privada.

No local foi possível verificar que havia uma grande quantidade de barro no interior do condomínio. Com o excesso do material, o muro desabou.

O carpinteiro João Reis, que trabalha na rua onde ocorreu o desabamento, disse que se preocupava com a situação. “Eu já tinha visto que esse muro, qualquer dia ia cair, e hoje, olha só o que aconteceu”, disse.

Funcionários da construção trabalham para tentar tirar todo o barro da via. O trânsito segue com lentidão.

Em nota, a Construtora Morar Mais afirmou que o grande volume de chuvas comprometeu a estrutura do muro. A equipe da empresa realiza a retirada dos entulhos da estrutura danificada e iniciou o processo de limpeza da via.

Muro desaba em Manaus e prejudica trânsito no Bairro da Paz — Foto: Eliana Nascimento/G1

Continue Reading

Manaus

Preso suspeito de manter estrangeira em cárcere privado em Manaus

Published

on

Guatemalteca estava trancada em quarto de hotel, no Centro, sem seus pertences.

Um homem de 43 anos foi preso na noite de sexta-feira (20) por manter uma mulher guatemalteca, de 24 anos, em cárcere privado. A vítima era mantida trancada no quarto de um hotel no centro de Manaus.

A Política Militar chegou ao local após receber uma denúncia anônima. Segundo a polícia, ela permanecia trancada no apartamento do hotel e sem seus pertences.

A partir da descrição da vítima, que foi libertada, os policiais conseguiram encontrar o suspeito pouco depois. Com ele, foi apreendido o celular da mulher e uma quantia em dinheiro.

Não há informações sobre quanto tempo a mulher permanecia nessa situação. O caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e será investigado.

Continue Reading

Mais lidas