Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mulher é acusada de causar prejuízo de mais de R$ 100 mil com golpe do bilhete aéreo falso em Manaus, segundo autoridades policiais

Caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) em Manaus — Foto: PC-AM

Mulher de 39 anos é presa em Manaus por golpe do falso bilhete aéreo, causando mais de R$ 100 mil em prejuízo. A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) divulgou as informações na quarta-feira (6), após capturar a suspeita em sua residência localizada no bairro Lírio do Vale, Zona Oeste da capital.

Segundo o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Aline Nascimento Corrêa utilizava a falsa identidade de consultora de viagens para enganar suas vítimas ao forjar bilhetes aéreos.

O delegado Cícero Túlio, responsável pelo caso, revelou que as investigações foram iniciadas após inúmeras denúncias recebidas nos meses de setembro e outubro.

“Há aproximadamente um ano, Aline estabeleceu uma agência de viagens fictícia em sua própria residência e se passava por consultora de viagens. Por meio de suas redes sociais, ela oferecia promoções de passagens aéreas, atraindo o interesse das vítimas, que a procuravam para fechar negócio”, explicou o delegado.

Funcionamento do golpe
Conforme relatado pelo delegado, as vítimas forneciam seus cartões de crédito, acreditando que Aline compraria as passagens. Entretanto, ela falsificava os bilhetes e utilizava os cartões para fazer compras fraudulentas.

“As pessoas só descobriam que haviam caído em um golpe ao chegarem ao portão de embarque para realizar o check-in, quando a companhia aérea informava que os bilhetes não haviam sido emitidos”, destacou Cícero Túlio.

De acordo com a polícia, até o momento, foram identificadas oito vítimas, mas este número pode aumentar.

O delegado ressaltou que será necessário o bloqueio de bens ou ativos financeiros da suspeita, o qual será determinado pela Justiça.

A mulher será responsabilizada pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documento particular, permanecendo à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/12/07/mulher-da-prejuizo-de-mais-de-r-100-mil-com-golpe-do-falso-bilhete-aereo-em-manaus-diz-policia.ghtml