Connect with us

Amazonas

Número de pessoas ocupadas no AM cresce 3,6% em um ano

Publicado

em

Comércio e agricultura foram as principais atividades empregadoras no ano de 2019.

O número de pessoas ocupadas no Amazonas teve um acréscimo de 3,6% no ano passado em comparação a 2018, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta quarta-feira (26). O comércio e agricultura foram as atividades que mais empregaram.

Em 2019, a população ocupada foi estimada em 1,65 milhões de pessoas. Em 2018, o total era de 1,60 milhão de pessoas. Há oito anos, o número registrado foi de 1,41 milhão.

Na Região Norte, em 2019, o trabalhador por conta própria representou 33,6% do total de 2,5 milhões pessoas ocupadas. O número mostra uma tendência de crescimento e uma diferença de 4,6 pontos percentuais em relação a 2012 (29%).

Enquanto isso, a proporção do empregado no setor privado com carteira de trabalho assinada em relação ao número de pessoas ocupadas mostra uma tendência de queda desde 2014, chegando ao seu valor mínimo em 2019, ou seja, 20,7%, 1,6 milhão de pessoas ocupadas.

As outras categorias mostram certa estabilidade em seus números: em 2019, a proporção de empregados no setor público (inclusive servidor estatutário e militar) representou 15,7%; a de empregado no setor privado sem carteira de trabalho assinada, 14,9%; a de trabalhador familiar auxiliar, 5,9%; a de trabalhador doméstico, 5,7% e a de empregador, 3,5%.

A PNADC 2019 – Características Adicionais do Mercado de Trabalho 2019, também mostra que, em relação a distribuição percentual, há três principais grupamentos de atividade que se destacam na composição estrutural por grupamentos de atividades do mercado de trabalho do Amazonas.

Em 2019, o principal grupo nessa composição estrutural foi comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, que representou 19,8%, o que equivale a 327 mil pessoas ocupadas nesse grupo.

O segundo, foi o grupo da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, que representou 18,1%, o que equivale a 298 mil pessoas. O grupo da Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais representou 17,8%, o que equivale 294 mil pessoas.

No Amazonas, em relação aos outros grupos, a indústria geral representou, em 2019, 10,8%, o que equivale a 178 mil pessoas ocupadas. A informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas representou 7,4%, o que equivale a 123 mil pessoas ocupadas.

O alojamento e alimentação representou 5,9%, o que equivale a 97 mil pessoas ocupadas. O transporte, armazenagem e correio representou 5,8%, o que equivale a 97 mil pessoas ocupadas. A construção representou 5,6%, o que equivale 93 mil pessoas ocupadas. O outro serviço representou 4,6%, o que equivale a 76 mil pessoas ocupadas. E, por último, o serviço doméstico representou 4,2%, o que equivale a 70

Amazonas

Trio invade casa e executa homem a tiros no Jorge Teixeira

Publicado

em

Dhulio Lira da Silva, 25, foi executado a tiros na madrugada deste sábado (27), em sua casa que ficava na Rua Jambu, bairro Jorge Teixeira, zona leste. Três homens foram ao local e dispararam várias vezes contra a vítima que morreu antes da chegada do socorro.

De acordo com a polícia militar, que atenderam a ocorrência, por volta das 04h, foram acionados para irem a Rua Jambu, que no local havia um homicídio. Em uma casa, os policiais encontraram um homem morto.

Os moradores da área informaram a polícia que três homens, que estavam em um veículo modelo Ka, de cor preta, foram ao local, invadiram a residência da vítima e efetuaram vários disparos. Dhulio morreu antes da chegada do socorro.

Agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram ao local remover o corpo para levar para sede do órgão na zona norte para exame de necropsia. A delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

Fonte: D24am

Leia Mais

Amazonas

Homem é encontrado morto em banheiro de quitinete na zona leste de Manaus

Publicado

em

André Ferreira de Souza, 44, foi encontrado morto na noite desta sexta-feira (26), na quitinete que morava, na Rua Leopoldina, bairro Grande Vitória, zona leste de Manaus. A vítima estava no banheiro, próximo ao vaso sanitário.

A família do homem informou à polícia que André não foi ao trabalho nesta sexta e também não esteve na casa da mãe. A irmã, preocupada, resolveu ir até a casa dele e já encontrou o homem sem vida.

“Ao chegar no local, ela encontrou a vítima já em estado de óbito, jogada no banheiro, com sinais de hematomas e perfurações com objeto perfuro cortante, que a gente não consegue identificar até então”, explicou o capitão João Paulo, do CPA Leste. Os familiares não conseguiram identificar se algo da vítima foi levado.

O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) (Foto: Divulgação)

“A família relatou que trata-se de um homossexual e infelizmente existe essa situação de violência muito grande, mas isso vai ser investigado pela polícia civil”, destacou o capitão.

O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

 

Leia Mais

Amazonas

Homem é executado a tiros em quadra de esporte da zona sul de Manaus

Publicado

em

Paulo Victor Ferreira de oliveira, 22, foi executado com quatro tiros na tarde de sexta-feira (26), na quadra de esportes que fica na Rua Guanabara, Bairro Santa Luzia, zona sul de Manaus. Segundo a polícia, um homem, que não foi identificado, foi ao local e atirou várias vezes contra a vítima que ainda chegou a ser socorrida, levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Sul, no Bairro Colônia Oliveira machado, mas acabou morrendo no local.

Segundo os policiais militares da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volt das 16h, a equipe foi chamada para atender a ocorrência de um suposto homicídio na quadra do CDC do Santa Luzia. Ao chegar no local, a vítima já havia sido socorrida e levada ao SPA Zona Sul. No local, populares informaram a polícia que um homem chegou à quadra e foi em direção da vítima e disparou várias vezes. Após o fato a população levou Paulo ao hospital.

Os agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram ao SPA zona sul para fazer a remoção do corpo e no relatório do órgão apontou que ele morreu por disparo de arma de fogo na região da cabeça. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

 

Leia Mais

Mais lidas