Connect with us

Manaus

O mesmo MP que pediu prisão de David, fez vista grossa para suposta prevaricação de ex-procuradora geral

Publicado

em

O Ministério Público deixa claro que só age no quintal dos outros, no seu não faz muita questão

A suposta fraude nas vacinas é um caso de extremo interesse público que deve ser apurado com todo o rigor possível. Mas devemos aplaudir a urgência e rapidez com que o Ministério Público do Amazonas (MPAM), investigou, constatou irregularidade e pediu a punição dos envolvidos no caso.

Celeridade esta que não se viu na apuração da Operação Héstia que investigava crimes de enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e evasão fiscal contra a ex-primeira-dama do município Elisabeth Valeiko e pessoas próximas a ela. Foi preciso reportagens na mídia para que o caso se reacendesse, já que o MPAM havia finalizado o processo de investigações, para culminar na Operação Boca Raton, que no fim não terminou prisões, apesar de todos os fatos pesarem contra os envolvidos.

Tampouco se viu o MPAM emitir algum parecer sobre a suposta prevaricação e tráfico de influência exercidos pela ex-procuradora-geral Leda Mara Albuquerque, que tinha seu irmão nomeado na Casa Civil da gestão anterior e seu cunhado como coordenador do gabinete pessoal ex-prefeito Arthur Neto. Detalhe, o cunhado assumiu o cargo no mesmo ano que ela tomou posse na chefia do MP. Ao contrário do que se esperava, o MP informou que as nomeações são livres e de responsabilidade do executivo. Não explicou se abriria processo de investigação para saber as circunstâncias das nomeações, ou seja, “obrou” e se locomoveu para um ato de interesse sórdido. Fingiu demência para proteger seus apaniguados.

É preciso coragem para fazer justiça no Brasil, enfrentar os poderosos e punir os desmandos dos que se acham intocáveis, mas é necessário mais coragem ainda para punir um dos seus, cortar na própria carne, ao preço da descrença social. Se um órgão de controle não capaz de punir os seus quando cometem atos ilícitos, que moral deverá ostentar para apontar o dedo para as ilicitudes alheias?

Não queremos acreditar que o MPAM seja comandado por ratos roedores da moralidade. Não queremos acreditar que o MP serve a interesses menores que os públicos. Não queremos acreditar o órgão seja um braço ou uma extensão da corrupção estrutural. Mas se não usam dois pesos e duas medias, o que resta pensar?

Leia Mais

Amazonas

Morre homem que teve 80% do corpo queimado em explosão de prédio em Manaus

Publicado

em

Um homem de 42 anos, vítima da explosão de um prédio em um condomínio localizado Zona Norte de Manaus, morreu nesta sexta-feira (26). Ele estava internado no Hospital 28 de Agosto desde a quarta-feira (24), quando aconteceu o acidente, e tinha 80% do corpo queimado (veja o vídeo da explosão acima).

A morte foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-AM). Em nota, foi informado que o homem veio a óbito após sofrer três paradas cardiorrespiratórias.

Além do homem, outras cinco pessoas também ficaram feridas na explosão. A suspeita é que o acidente tenha sido ocasionado por gás de cozinha. Quatro vítimas, todas crianças, receberam os primeiros atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales e foram encaminhadas em seguida para os Pronto-Socorros da Criança da Zona Oeste e Zona Sul.

Outra vítima teve ferimentos leves e não precisou de hospitalização. Trata-se de Jéssica Carvalho, de 26 anos. Ela vivia no apartamento de cima da unidade em que ocorreu a explosão e sofreu várias queimaduras.

O bloco de oito apartamentos que ficou parcialmente destruído após a explosão, foi condenado pela Defesa Civil por apresentar risco de desabamento. De acordo com o diretor de Operações da Defesa Civil, major Robson Falcão, a explosão destruiu quatro apartamentos e comprometeu outros quatro.

Vários órgãos foram acionados para inspecionar o local e, inclusive, começar o trabalho de demolição de algumas áreas, que apresentam riscos.

Leia Mais

Amazonas

Após tentar fugir da polícia, homem é preso com drogas e armas na zona centro-oeste de Manaus

Publicado

em

Um homem, que não teve sua identidade revelada, foi preso em uma casa no beco Santa Terezinha, no bairro Dom Pedro, na zona centro-oeste da Capital, após tentar fugir da polícia nesta sexta-feira (19).

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, as equipes estavam patrulhando na região quando avistaram o suspeito, que tentou fugir pulando por telhados de casas no local, se escondendo em uma quitinete, posteriormente.

Após os policiais fazerem as buscas na região, encontraram o suspeito, com um revólver 38, seis munições, um simulacro caseiro, uma balança de precisão, um bloco de registros, além de 5 porções de cocaína, 21 porções de maconha e 242 pinos de cocaína.

O homem e seus pertences foram apreendidos e encaminhados ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com os procedimentos sendo adotados no local.

 

Leia Mais

Amazonas

Homem é esfaqueado pelo irmão durante briga familiar em Manaus

Publicado

em

Uma discussão entre familiares foi parar na polícia e no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, após um deles ser esfaqueado, enquanto tentava impedir uma briga. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (19), no bairro do Mutirão, na zona norte de Manaus.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, Breno dos Santos, 25, foi levado ao hospital com uma facada no braço. Segundo Santos, a confusão aconteceu após ele chegar em casa e ver o irmão brigando com a irmã, sendo esfaqueado enquanto tentava intervir.

Breno, antes de ser levado ao hospital, ficou agonizando, recebendo ajuda de sua família, posteriormente. Ele foi encaminhado para a emergência e não corre riscos de vida. O suspeito ainda não foi preso. A polícia civil deve assumir as investigações do caso.

De acordo com o hospital, Breno está consciente e ficará em observação pela equipe do hospital até receber alta médica.

 

Leia Mais

Mais lidas