Connect with us

Política

Pesquisa da iMarketing, aponta David Almeida com maior potencial de voto e menor taxa rejeição para 2020

Publicado

em

A décima rodada de estudo eleitoral do instituto iMarketing para a eleição de prefeito de Manaus em 2020 apontou o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) David Almeida (Avante) na liderança, com 16,3%. Apesar do empate técnico com o ex-governador Amazonino Mendes (PDT), que está com 16,2% na pesquisa estimulada, David que tem uma das menores rejeições, lidera outros dois cenários e apresenta o maior potencial de votos, com 34,3%, contra 31,1% do pedetista.

No primeiro estudo da iMarketing que coloca Amazonino e Eduardo Braga no mesmo cenário, o senador aparece em quarto lugar na estimulada, com 10,2%. Braga caiu 5,4% em relação ao estudo de junho, quando Amazonino não foi incluído na pesquisa como pré-candidato. À frente de Braga, o deputado federal José Ricardo aparece em terceiro, com 10,2%. Do mesmo modo como o senador, o deputado petista também caiu 2,4% diante do estudo de junho.

A nova pesquisa mostra, ainda, um distanciamento significativo do vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, dos primeiros lugares da disputa. Rotta, que variava entre o terceiro e quarto lugar nas pesquisas da iMarketing e de outros institutos, desta vez caiu para 11º na pesquisa estimulada, com 3,4%: uma queda de 8,4 pontos percentuais.

No primeiro cenário, à frente de Rotta, aparece em quinto lugar o deputado federal Alberto Neto (6,7%), seguido do deputado estadual Serafim Corrêa (4,4%), do vereador Chico Preto (4,3%), do ex-deputado Hissa Abrahão (3,5%), do deputado federal Marcelo Ramos (3,7%), e da ex-deputada Rebecca Garcia (3,7%). Abaixo de Rotta, a lista segue com a ex-senadora Vanessa Grazziotin (1,7%), e, em 13º o vice-presidente da Codese Manaus, Romero Reis (0,6%).

Espontânea
Na pesquisa espontânea, o ex-governador Amazonino aparece com 7%; seguido de David Almeida, com 6%. O deputado federal José Ricardo recuou 0,2% em relação à pesquisa espontânea de junho e aparece nesse último estudo com 2,3%, seguido de Eduardo Braga, que também caiu 0,9% frente ao estudo de junho, registrando 1,8% das intenções de votos.

O vereador Chico Preto aparece em quinto lugar na espontânea, com 1,6%, à frente de Alberto Neto (1,5%), de Marcos Rotta (1,0%) e de Serafim Corrêa (0,8%). A lista segue com Marcelo Ramos (0,7%), empatado com Rebecca Garcia (0,7%), Hissa Abrahão (0,4%), Vanessa Grazziotin (0,3% e Romero Reis (0,2%).

Rejeição
Hoje presidente do partido Avante, o ex-deputado David Almeida, que governou Amazonas interinamente por quase cinco meses, em 2017, além de liderar nas intenções de voto da pesquisa estimulada, é o pré-candidato com um dos menores percentuais de rejeição. Entre os 13 nomes estudados na soma de três cenários, David é o décimo colocado nesse estudo, com potencial de rejeição de apenas 7,1%.

Nesse quadro, o senador Eduardo Braga lidera o potencial de rejeição com 49,3%, seguido bem de perto por Vanessa Grazziotin, com 45,5%. O ex-governador Amazonino é o terceiro colocado na lista, com potencial de 37,2% de rejeição em Manaus. O deputado Serafim vem logo em seguida com 24%, seguido de Rebecca (19,4%), Marcelo Ramos (18,1%), José Ricardo (11,3%), Marcos Rotta (10,5%) e de Hissa Abrahão (9%). Abaixo de David Almeida, aparecem Romero Reis (6,4%), Chico Preto (4,6%) e Alberto Neto (4,4%).

Leia Mais

Amazonas

Wilson Lima: “Estamos fazendo a maior ampliação da capacidade da saúde pública da história do Amazonas”

Publicado

em

Em pronunciamento nas redes sociais do Governo do Estado na noite de ontem, 8 de janeiro, o governador Wilson Lima afirmou que o Estado está fazendo a maior ampliação da capacidade da rede de saúde do Amazonas em tempo recorde.

O aumento do número de leitos, só nos últimos dois meses, foi de 134%, saindo de 457 para 1.164 leitos que estão sendo destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19.

“Se tivéssemos colocado esses leitos em hospitais de campanha teríamos três estruturas com a mesma capacidade do Pronto Socorro João Lucio, que possui 217 leitos”, comparou. “O que estamos fazendo é a maior ampliação da capacidade da saúde pública da história do Amazonas em um período de tempo tão curto”, completou.

No pronunciamento, Wilson Lima anunciou a oferta de novos leitos no Hospital Nilton Lins e reforçou o apelo à população para redução da velocidade de contágio pelo novo coronavírus, que tem levado ao aumento recorde de internações.

“O apelo que eu faço a todos: os que nasceram nesse Estado; os que escolheram esse Estado pra viver, pra trabalhar, pra criar os seus filhos. Aqueles que amam o Amazonas e que amam o povo do Amazonas é: ajudem o Governo e as autoridades de saúde a lutar juntos nesta guerra. Nós precisamos que cada cidadão faça o que está ao seu alcance: continuem cumprindo suas obrigações, mas não participem de aglomerações”, ressaltou.

fonte: https://portalcm7.com/

Leia Mais

Amazonas

Decisão de abrir leitos para Covid é coerente, diz presidente do CRM

Publicado

em

Governo do Estado está convertendo 13 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 46 de enfermaria para o atendimento exclusivo de mulheres com a Covid-19.

Manaus (AM) – O presidente em exercício do Conselho Regional de Medicina (CRM), Jorge Akel, esteve nesta terça-feira (5) com o secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, no Instituto da Mulher Dona Lindu (IMDL), onde o Governo do Estado está convertendo 13 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 46 de enfermaria para o atendimento exclusivo de mulheres com a Covid-19.

O médico se disse a favor da iniciativa, que, para ele, é coerente, considerando que os leitos serão ocupados por pacientes que têm o perfil do IMDL, em espaço segregado dos demais pacientes da unidade.

“Só para esclarecer, esses novos leitos não são uma porta aberta para todos. É para as pacientes que fazem parte do protocolo de atendimento desse instituto e que são positivas para Covid-19. Então, nada melhor que uma paciente da ginecologia e da obstetrícia ser atendida por profissional especialista, dentro do hospital que é referência para tal. E, hoje, a Covid-19 vai fazer parte de todas as especialidades”, ponderou.

O secretário Marcellus Campêlo ressaltou que a ala exclusiva para Covid-19, no segundo andar do Instituto da Mulher Dona Lindu, obedece ao protocolo de segregação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

“Nós precisamos receber essa paciente de uma forma segura, segregada, com equipes de saúde e pacientes exclusivos para esse andar. Não haverá circulação de um andar para outro. Temos, aqui, a oportunidade de dotar o instituto de mais estrutura, que ficará como legado e, principalmente, agora com o conhecimento do Conselho Regional de Medicina, que está aprovando esse modelo”, disse o secretário.

Leia Mais

Amazonas

David garante R$ 112 milhões para abastecimento de água, energia solar e construção de banheiros em Manaus

Publicado

em

Prefeito eleito iniciou processo de destravamento de acesso aos ministérios para a Prefeitura de Manaus

O prefeito eleito de Manaus, David Almeida (Avante), iniciou sua primeira agenda oficial em Brasília, na manhã dessa terça-feira (12) pela Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), onde conseguiu R$ 104 milhões para serem investidos em obras na zona rural de Manaus, já em 2021. Além disso ele também conseguiu acesso a outros R$ 8 milhões que vão ser investidos na construção de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica.

Segundo David Almeida, dos recursos já acertados para Manaus, R$ 97 milhões vão ser usados em obras destinadas a garantir o acesso à água potável às famílias que moram na periferia de Manaus e na área rural, outros R$ 8 milhões para a implantação de sistema de energia solar e R$ 7 milhões na construção de banheiros em diversas residências, para proporcionar uma melhor qualidade de vida, conforto e bem-estar às pessoas.

O prefeito eleito fez questão de ressaltar que está em Brasília com o objetivo “de destravar o acesso a todos os ministérios” e formalizar as parcerias necessárias à implementação de projetos e ações destinadas a trasformar e preparar Manaus para o futuro.

“Estamos iniciando um trabalho destinado a destravar todos os acessos em Brasília para a Prefeitura de Manaus, porque entendemos que dessa forma vamos conseguir viabilizar e agilizar a implantação de diversos programas e projetos em nossa cidade”, afirmou David Almeida, destacando o “importante e comprometido apoio da bancada federal” aos pleitos da Prefeitura de Manaus.

Na agenda oficial também estão previstas visitas ao Congresso Nacional e a alguns ministérios, para conversar com parlamentares da bancada federal do Amazonas, sobre algumas prioridades da gestão David Almeida e Marcos Rotta, bem como a técnicos do governo federal, para buscar mais informações sobre os diversos programas federais que podem destinar recursos para a capital do Amazonas e agilizar a execução de projetos, particularmente na área da habitação, saúde, mobilidade urbana e infraestrutura básica.

Leia Mais

Mais lidas