" >PF prende juiz que tinha vida de luxo – Acorda manaus
Connect with us

Polícia

PF prende juiz que tinha vida de luxo

Published

on

Em cumprimento a ordem do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes, a Polícia Federal prendeu, na manhã deste sábado, 23, o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, da 5ª Vara de Substituições da Comarca de Salvador. O magistrado baiano estava afastado de suas funções desde a última terça-feira, 19, quando a Operação Faroeste foi deflagrada para investigar um suposto esquema de venda de sentenças em processos sobre grilagem de terras no oeste da Bahia.

A ação também levou ao afastamento do presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Gesivaldo Nascimento Britto, e dos desembargadores José Olegário Monção Caldas, Maria da Graça Osório Pimentel Leal e Maria do Socorro Barreto Santiago, além da juíza de primeira instância Marivalda Almeida Moutinho.

Segundo as investigações, o juiz Sérgio Humberto Sampaio havia sido designado pela desembargadora Maria do Socorro para a atuar na Comarca de Formosa de Rio Preto com o ‘propósito de fazer cumprir, com velocidade incomum’, as ações ajuizadas pelo borracheiro José Valter Dias. O magistrado foi mantido pelo presidente do TJBA, mesmo sendo lotado em Salvador, com o fim de ‘manter a operação’.

O Ministério Público aponta que Sérgio Sampaio ‘reavivou ações paralisadas há décadas’ com o objetivo de levar as partes envolvidas no processo de transferência de terras para José Valter Dias a um acordo de conciliação idealizado por Adailton Maturino, empresário que se identificava como cônsul de Guiné-Bissau e suposto idealizador do esquema.

“Interessante notar como o investigado Sérgio Humberto Sampaio, apesar de lotado em Salvador, tem atuado em qualquer parte da Bahia, inclusive, na região sob investigação, sendo que, nos últimos meses, ele esteve em Casa Nova, Salvador, Santo Amaro, Capim Grosso, Formosa do Rio Preso e Santa Rita de Cássia”, detalham os investigadores.

Relatórios de movimentação bancária e levantamento dos bens do juiz mostram que ele vivia uma vida luxuosa em Salvador. Em nome dele e de sua mulher estão um Porsche Cayenne, uma Harley Davidson FXSB e uma Mercedes Benz C180 Turbo. “Além do fato de residirem em luxuosa residência em um dos condomínios soteropolitanos em que o preço dos imóveis tem, como média, o valor de R$ 4,5 milhões e cujo aluguel varia entre R$ 15 mil e R$ 20 mil mensais”, aponta a procuradoria.

A esposa do magistrado trabalha como recepcionista do TJBA e já respondeu processo disciplinar por não ter apresentado a declaração do imposto de renda em 2013.

A reportagem busca contato com o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio. O espaço está aberto a manifestações

“O Tribunal de Justiça da Bahia foi surpreendido com esta ação da Polícia Federal desencadeada na manhã desta terça-feira (19/11/19). Ainda não tivemos acesso ao conteúdo do processo. O Superior Tribunal de Justiça é o mais recomendável neste atual momento para prestar os devidos esclarecimentos. A investigação está em andamento, mas todas as informações dos integrantes do Tribunal de Justiça da Bahia serão prestadas, posteriormente, com base nos princípios constitucionais.

Pelo princípio do contraditório tem-se a proteção ao direito de defesa, de natureza constitucional, conforme consagrado no artigo 5.º, inciso LV: “aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ele inerentes.”

 
 

Manaus

Preso suspeito de manter estrangeira em cárcere privado em Manaus

Published

on

Guatemalteca estava trancada em quarto de hotel, no Centro, sem seus pertences.

Um homem de 43 anos foi preso na noite de sexta-feira (20) por manter uma mulher guatemalteca, de 24 anos, em cárcere privado. A vítima era mantida trancada no quarto de um hotel no centro de Manaus.

A Política Militar chegou ao local após receber uma denúncia anônima. Segundo a polícia, ela permanecia trancada no apartamento do hotel e sem seus pertences.

A partir da descrição da vítima, que foi libertada, os policiais conseguiram encontrar o suspeito pouco depois. Com ele, foi apreendido o celular da mulher e uma quantia em dinheiro.

Não há informações sobre quanto tempo a mulher permanecia nessa situação. O caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e será investigado.

Continue Reading

Manaus

Homem é morto com dez tiros por dupla em moto em Manaus

Published

on

Crime aconteceu no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

Um homem de 30 anos foi morto a tiros no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, nesse sábado (21). Segundo a polícia, dois homens em uma moto passaram pelo local e executaram a vítima. Não há informações sobre o que motivou o crime.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem estava na rua Nestor Vitor, por volta de 17h30. Os dois suspeitos chegaram em uma moto e se aproximaram dele.

Ainda conforme a polícia, os homens sacaram uma arma e atiraram diversas vezes contra a vítima. Ele foi atingido por dez tiros pelo corpo, não resistiu e morreu no local do crime. Os suspeitos fugiram sem ser identificados.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela DEHS, para descobrir quem matou o homem e a motivação do crime.

Continue Reading

Manaus

Polícia Federal apreende R$ 244 mil em espécie no Aeroporto de Manaus

Published

on

Quantia em dinheiro foi encontrada na bagagem de mão de um passageiro. Ele tinha como destino o Rio de Janeiro.

A Polícia Federal apreendeu, na noite dessa quinta-feira (19), R$ 244 mil em espécie no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. A apreensão ocorreu após abordagem da polícia aeroportuária da PF, em conjunto com a fiscalização da Receita Federal, na área de embarque.

Segundo a PF, um dos passageiros com destino à cidade do Rio de Janeiro transportava o dinheiro na bagagem de mão. Ao ser questionado sobre a origem do dinheiro, o homem não soube responder precisamente.

Diante das suspeitas, o passageiro foi conduzido à sede da Polícia Federal em Manaus para prestar os devidos esclarecimentos. O montante foi apreendido para investigação em inquérito policial.

Na oportunidade, a Receita Federal realizou também os procedimentos fiscais cabíveis.

Continue Reading

Mais lidas