Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Policial militar, investigador da PC e agente da SSP-AM foram presos por roubo a mão armada em Manaus; entenda o caso

Manaus – A prisão do cabo da Polícia Militar, Bruno Everton Pinto dos Santos, do investigador da Polícia Civil, Liniker Holanda e o auxiliar técnico da SSP-AM Mateus Nogueira de Souza, foi motivada pelo crime de roubo a mão armada, segundo o inquérito policial. As investigações apontaram os policiais como os principais suspeitos de roubarem um caminhão e fazerem o motorista de refém no dia 23 de janeiro, por volta das 16h30 na avenida Abiurana, localizada no bairro Mauazinho. Segundo o depoimento da vítima, Jorge Santos de Araújo, de 59 anos, motorista da empresa RCL Transporte, ele estaria conduzindo o caminhão quando foi abordado pelos policiais e colocado dentro de uma viatura da SSP, após trocarem a placa. A vítima relata que teve os olhos vendados com fita adesiva e não conseguiu memorizar os rostos dos envolvidos. Além disso, conta que foi ameaçado com uma arma, agredido com socos no rosto, teve o celular quebrado pelos policiais que pediam a todo momento as chaves do caminhão com a carga de  triciclos. Ele conta que os policiais abriram o baú do caminhão pensando que teria minérios, mas havia apenas os triciclos e que os danificaram. De acordo com a polícia, os três agentes são integrantes de quadrilha especializada em roubos de ouro, cassiterita e minério.

Fonte: Portal Cm7