Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Prefeito de Iranduba é acusado de roubo de alegorias de Escolas de Samba de Manaus

Foto: divulgação

Amazonas – Um ataque flagrante a algumas alegorias na avenida Alameda do Samba, situada no bairro Alvorada, na zona Centro-Oeste de Manaus, deixou os trabalhadores das escolas de samba da cidade ultrajados.
Denuncias vindas de residentes da localidade expõem a remoção ilegal de alegorias e artigos utilizados pelas agremiações no Carnaval de 2024.

Nas redes sociais, um vídeo gravado por colaboradores das escolas de samba mostra um indivíduo, conhecido como “Professor Marcelo”, supervisionando a remoção de artefatos dos carros alegóricos e tripés da Escola de Samba Vila da Barra. Curiosamente, estes itens foram carregados em um caminhão sob a observação de um veículo oficial da Prefeitura de Iranduba, enquanto o mesmo era filmado por um funcionário.

Há informações de que o Professor Marcelo mantém um contrato diretamente com a Prefeitura de Iranduba, governada pelo prefeito Augusto Ferraz. Ele é responsável por disponibilizar palcos e decorações para eventos no município. No entanto, o quadro se torna ainda mais adverso quando analisamos a crise financeira do território, onde os colaboradores da área de saúde e educação estão com pagamentos pendentes, incluindo o 13º salário.

Enquanto as contas municipais lutam para cumprir deveres essenciais como os salários dos funcionários, a gestão de Augusto Ferraz vem sendo criticada por seus investimentos questionáveis e alegada relação com ações ilegais. O desvio de materiais do Carnaval de Manaus para incrementar o Carnaval em Iranduba é um exemplo preocupante do mau uso dos fundos públicos.

Até o atual momento, a Escola de Samba Vila da Barra não confirmou se um Boletim de Ocorrência foi criado a respeito do incidente. Contudo, essa alegada ação do prefeito de Iranduba, se comprovada, merece a rejeição tanto da comunidade quanto das autoridades, uma vez que a utilização de materiais roubados para benefício próprio e o incentivo a essa prática ilegal, além de serem atos criminosos, não são exemplos a serem seguidos pela população que depositou sua confiança em seu mandato.

Confira o vídeo do ocorrido:

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/politica/prefeito-de-iranduba-e-acusado-de-envolvimento-em-roubo-de-alegorias-de-escolas-de-samba-de-manaus-veja/