Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Prefeito de Tefé é alvo de investigação por suspeitas de corrupção na aquisição de madeira

Foto: divulgação

O chefe do executivo de Tefé, Nicson Marreira, novamente se vê envolvido em um cenário de polêmica. A demanda por uma Representação por parte do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) decorre de prováveis irregularidades associadas à má administração. Falta de critérios de sustentabilidade ambiental e antieconomicidade em se tratando de contratação pública para obtenção de madeira acrescentam camadas a essa problemática.

A publicação do processo com a identificação 16.879/2023 ocorreu no dia 16, terça-feira, em uma edição do diário oficial do TCE-AM. A investigação se concentra na empresa J L CAMPELO LTDA, cujo CNPJ é 22.328.989/0001-08. Esta foi a empresa escolhida para suprir as necessidades da Prefeitura Municipal de Tefé.

No décimo mês de 2023 foram levantados possíveis questionamentos em relação a essa contratação. Entre os pontos abordados estão os critérios de sustentabilidade e a economia do processo.

Os cidadãos de Tefé, que já encaram diversas adversidades, assistem com apreensão a este novo episódio envolvendo a administração municipal. A administração inadequada de recursos públicos, especialmente quando o tema é ambiente, se torna alvo de inspeções cada vez mais rigorosas.

Agora, o Tribunal de Contas tem a responsabilidade de conduzir a investigação com atenção aos detalhes para avaliar as prováveis irregularidades e apontar as consequencias legais.

Confira o documento completo:

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/politica/escandalo-ambiental-prefeito-de-tefe-e-investigado-por-irregularidades-na-compra-de-madeira/