Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Produção sustentável da Castanha-do-Brasil na Amazônia é tema do 4º encontro do “Meetup Acelera”

Quarto encontro do “Meetup Acelera” debate cadeia da Castanha-do-Brasil na Amazônia. — Foto: Patrick Marques/g1 AM

Evento “Meetup Acelera” debate a cadeia de produção da Castanha-do-Brasil na Amazônia

Na tarde desta quinta-feira (9), em Manaus, aconteceu o quarto encontro do “Meetup Acelera”, que teve como tema principal a cadeia de produção da Castanha-do-Brasil na região amazônica. Promovido pela Fundação Rede Amazônica (Fram), em parceria com o Impact Hub Manaus e o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (Idesam), o evento reuniu especialistas e representantes de organizações diretamente envolvidos no setor.

Dentre os participantes estavam membros da Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre (Cooperacre), que trouxeram boas práticas de produção para enriquecer o debate. Também estiveram presentes a startup “Vem de onde?”, especializada em soluções de rastreabilidade, e o Observatório da Castanha-da-Amazônia, uma rede de organizações que busca desenvolver a cadeia da castanha por meio de pesquisas e mobilização de atores para um mercado justo que valorize as comunidades envolvidas.

Átila Denys, advogado e empresário com experiência na produção da Castanha-do-Brasil, destacou a importância do debate para a troca de conhecimentos e busca por melhorias na cadeia produtiva. Segundo ele, é chegada a hora de valorizar o produto, buscando sua industrialização e agregando valor por meio de novas preparações, como o leite de castanha. Denys enfatizou a necessidade de atrair investidores para a região e criar canais que ampliem a presença desse produto no mercado.

Mariane Cavalcante, diretora institucional da Fundação Rede Amazônica, ressaltou que o objetivo do evento é reunir os atores envolvidos em cada cadeia produtiva para discutir melhorias e alternativas para o futuro. Ela mencionou os desafios enfrentados e a importância de aproximar as startups e a comunidade, buscando ampliar as discussões e oferecer mais oportunidades.

O “Meetup Acelera” continuará em 2023, com uma última rodada de debates prevista para dezembro. O evento, que conta com a participação do Idesam, Impact Hub Manaus e Fundação Rede Amazônica, tem transmissão ao vivo pela Fundação Rede Amazônica, AmazonSAT e plataforma G1, além do canal da fundação no Youtube. Não perca a oportunidade de acompanhar essa importante discussão sobre a cadeia de produção da Castanha-do-Brasil na Amazônia.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/09/cadeia-da-castanha-do-brasil-na-amazonia-e-debatido-no-4o-encontro-do-meetup-acelera.ghtml