Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Programa Pelci revoluciona esporte de base no Amazonas há dois anos

Foto: divulgação

O Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), lançado pelo governo do Amazonas em 2022, comemora dois anos de existência neste domingo, 18 de fevereiro. O programa tem sido crucial na promoção de talentos esportivos emergentes para o desempenho de alto nível, abrangendo sete centros em todo o estado e englobando mais de 15 diferentes esportes.

Jorge Oliveira, secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), enfatizou a importância do Pelci, “O programa Pelci tem a missão de transformar o cenário esportivo. Esta é a razão pela qual o governador Wilson Lima está comprometido em promover esportes e aprimorar e descobrir novas promessas para o cenário esportivo local e nacional”.

Inicialmente, o Pelci procurava atender 5 mil atletas. No entanto, com a expansão de centros e investimentos por parte do governo do estado, o programa agora interage com mais de 15 mil jovens e crianças praticantes de esportes variados como futebol, handebol, basquete, vôlei, jiu-jitsu, atletismo, wrestling, futsal, entre outros.

O Pelci é dividido em sete centros localizados nas cidades de Manaus, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Codajás, Envira e Fonte Boa. Além disso, os projetos Futevôlei nos Bairros, Formandos Campeões, Escolhinha nos Bairros e Campeões da Vila também fazem parte do Pelci.

Em 2023, o Pelci expandiu seu alcance para os estádios da capital amazonense, Carlos Zamith, Ismael Benigno e Oswaldo Frota, beneficiando várias comunidades de Manaus. Caio Gabriel, atualmente participando da categoria sub-18 do Nacional FC, expressou sua gratidão ao programa, “O Pelci é uma oportunidade única para nós, jovens aspirantes a estrelas do esporte. Tenho muita satisfação em desempenhar minha paixão pelo futebol”, afirmou.

O programa também fez avanços significativos na promoção do envolvimento de mulheres jovens no esporte. Mais de 1.100 atletas femininas estão matriculadas nas aulas de futebol e futsal, ajudando a impulsionar o surgimento de novos talentos, como a atleta Tayná Santos, natural de São Gabriel da Cachoeira. A jogadora de 20 anos, descoberta pelo Pelci, agora atua profissionalmente no clube JC de Itacoatiara.

“O Pelci me proporcionou a plataforma para acreditar no meu sonho e iniciar minha jornada como jogadora profissional de futebol. Gostaria de agradecer ao governo do estado pela implementação do Pelci, que tem criado oportunidades e esperança para todos nós jovens do Amazonas”, expressou Tayná Santos.

Fonte: https://cm7brasil.com/esportes/ha-dois-anos-o-programa-pelci-revoluciona-esporte-de-base-no-amazonas/