Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

“Queria pagar de Arlequina”: projeto de blindada se dá mal após levar 70 munições e arma falsa para se exibir em escola de Manaus

Manaus – Na tarde dessa terça-feira (11) uma adolescente de 15 anos foi apreendida na Escola Estadual Prof. Leonilia Marinho, situada no bairro Parque Dez, zona centro-sul de Manaus. A apreensão ocorreu após denúncias de outros alunos que informaram à direção escolar sobre a presença da aluna portando uma arma de fogo. O Núcleo de Inteligência em Segurança Escolar (Nise) foi acionado pelo coordenador adjunto, delegado da Polícia Civil, Rafael Montenegro, por volta das 16h do mesmo dia. Após constatarem a veracidade das informações, a adolescente foi imediatamente apreendida junto com um simulacro de arma de fogo e uma quantidade considerável de munições reais, incluindo 44 cartuchos de calibre 9 milímetros, 22 de calibre PT40 e quatro de calibre 38, o que totaliza 70 munições. “O Nise age prontamente ao receber denúncias. Dessa forma, fomos até a escola e confirmamos a presença da aluna portando um simulacro de arma de fogo e uma quantidade considerável de munições reais, que, se inseridas em uma arma, poderiam causar ferimentos a qualquer pessoa”, informou o delegado Rafael. Seguindo os procedimentos adequados, a adolescente e todo o material apreendido foram encaminhados à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Na mesma noite, foi registrado o boletim de ocorrência (B.O) e lavrado o auto de apreensão em flagrante. É importante destacar que, de acordo com as diretrizes de proteção aos menores envolvidos em atos infracionais, a identidade da adolescente e demais informações que possam identificá-la foram preservadas.

Fonte: Portal Cm7