Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Tropical Executive corre o risco de ter energia cortada por dívidas com a Amazonas Energia

Foto: divulgação

Amazonas – Conhecido por sua opulência e infraestrutura de ponta, o Tropical Executive Condominium, situado em Manaus, pode ter seu fornecimento de energia cortado, devido a uma dívida pendente com a Amazonas Energia.

Em uma notificação veiculada na segunda-feira, dia 22 de janeiro de 2024, a direção do condomínio revelou aos residentes a grave pendência de um corte no fornecimento de energia. Este potencial desligamento é devido a uma dívida acumulada ascendendo ao valor impressionante de R$ 513.240,08. A notificação destacou que a administração anterior, liderada pelo síndico Hely Carvalho De Souza Neto, e durante o mandato da Sra. Acácia, é a verdadeira culpada por este pesado fardo financeiro.

A gestão do Tropical Executive está agora buscando um empréstimo de R$ 155.000,00 para saldar a entrada da negociação da dívida junto à fornecedora de energia. Tal situação crítica levou ao aumento da contribuição dos moradores, que consideram esse acréscimo nada mais que uma afronta. Além disso, eles estão preocupados com o eventual desligamento de energia que atingiria não apenas suas residências privadas, mas também as áreas comuns e empresariais, prejudicando dessa forma a reputação do condomínio.

Leia também:
Desorganização catastrófica: Conselho reassumido do Tropical Executive causa perdas financeiras significativas
Confusão na má gestão e denúncias de corrupção no Tropical Executive: conselho recuperado desobedece às ordens judiciais e incita o caos.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/cidades/escandalo-tropical-executive-pode-ter-luz-cortada-apos-acumular-dividas-com-a-amazonas-energia/