Connect with us

Sociedade

Governador Wilson Lima lança Expoagro 2019, durante Cavalgada Solidária

Publicado

em

O governador Wilson Lima lançou, neste domingo (29/09), a 41ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), durante a Cavalgada Solidária pelas ruas do Parque das Laranjeiras. Durante o evento, na Hípica Nilton Lins, o governador afirmou que a feira vai apresentar o potencial do Amazonas e movimentar a economia do estado. Ela não era realizada havia seis anos.

“É uma Expoagro com a cara do povo desse estado. Não vamos repetir as feiras realizadas em outras regiões do Brasil porque temos produtos com grande potencial para exportação, produtos que são únicos, e vamos começar a agregar valor dessas cadeias que tanto precisam não só do apoio do Governo do Estado, mas do Governo Federal e, sobretudo, do setor privado”, afirmou o governador.

Wilson Lima destacou ainda que irá montar um gabinete dentro da feira, onde serão atendidos produtores da capital e do interior.

“A realização desse evento é um trabalho de resgate da autoestima do pequeno produtor, do médio produtor, do pecuarista, do agricultor, daquelas pessoas que estão fazendo um grande esforço para colocar alimento na mesa”.

O governador do Amazonas ainda acrescentou que o Governo está construindo um novo momento no setor primário, que tem papel fundamental na retomada da economia do estado.

“Eu tenho uma preocupação muito grande em desenvolver o estado como um todo, e vejo o setor primário como uma das matrizes econômicas mais fortes, por meio da qual podemos ter um resultado muito grande, com possibilidades como, por exemplo, na piscicultura e em manejos florestais”, comentou. “A despeito do que acontece Brasil afora, onde a economia está andando de lado, no Amazonas temos incrementado as atividades econômicas, resultado desse aumento no Polo Industrial de Manaus, mas também é parte do investimento que estamos fazendo no setor primário”.

Interior – O secretário de Estado da Produção Rural, Petrúcio Magalhães Júnior, reforçou que a ação do Governo é mais um incentivo aos produtores e à realização de mais feiras agrícolas, tanto na capital quanto no interior.

“Tudo isso é fruto de planejamento a partir do Plano Safra, que foi lançado em junho e estabeleceu o que era necessário para retomar a Expoagro, assim como as feiras no interior, com as quais já passamos por Manicoré, Boca do Acre, Apuí, Humaitá e Autazes”, afirma o titular da pasta. “Isso motiva o produtor e incentiva empreendedores a investir no agro. É preciso começar a potencializar outras matrizes econômicas”.

Expoagro – A 41ª Exposição Agropecuária do Amazonas terá sua abertura oficial no dia 3 de outubro e seguirá com programação até o dia 6 de outubro, na área externa do Centro Universitário Nilton Lins, com entrada gratuita.

A Expoagro envolve agricultores, pecuaristas, pescadores, piscicultores, extrativistas, artesãos, comerciantes, empresários em geral, e sua última edição aconteceu em 2013. Neste ano, estima-se a participação de cerca de 200 expositores, entre eles empresas do setor, comerciantes de alimentos e bebidas, expositores de animais e da agricultura familiar, com movimentação financeira superior a R$ 30 milhões, o que torna o evento fundamental para gerar a interiorização do desenvolvimento.

Solidariedade – A Cavalgada Solidária aconteceu na manhã deste domingo (29/09) e arrecadou alimentos que serão doados a entidades credenciadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas). Mais de 100 cavalos e seus donos fizeram um percurso que saiu da Hípica Nilton Lins e seguiu pela avenida Professor Nilton Lins e rua Barão de Indaiá, no Parque das Laranjeiras, zona centro-sul de Manaus.

Plano Safra – Na ocasião, o governador destacou o Plano Safra, que destina cerca de R$ 350 milhões para atender produtores rurais, incluindo agricultores familiares, pescadores, extrativistas e indígenas do Amazonas. Os recursos contemplam ações de estímulo à atividade agropecuária, oferta de assistência técnica e crédito, e apoio à comercialização.

As cadeias prioritárias são de fruticultura (abacaxi, cupuaçu, banana, citros, açaí e guaraná); mandioca; café; juta e malva; avicultura; pecuária de leite e corte; piscicultura e pesca artesanal; milho; soja; feijão; castanha; óleos; borracha; piaçava; madeira em manejos simplificados; agroecologia e produtos orgânicos.

O Plano Safra Amazonas 2019/2020 tem a integração de diversos órgãos e instituições estaduais, municipais e federais, liderados pelo Sistema Sepror e suas vinculadas: Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam) e Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf). Conta com a parceria da Afeam, da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), do Banco da Amazônia e do Banco do Brasil.

Amazonas

Número de motoristas flagrados na Lei Seca cresce 63% no réveillon em Manaus

Publicado

em

No total, 85 motoristas foram flagrados em operação do Detran em Manaus.

Dados do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) indicam que o número de motoristas flagrados dirigindo alcoolizados no réveillon de 2021 em Manaus cresceu 63% em comparação com a virada do ano passado. A quantidade de penalizações também foi superior: quase quatro vezes mais que em 2020.

Segundo o diretor-presidente do Detran, a situação é ainda mais crítica porque neste ano ainda havia uma série de restrições em relação a festas e reuniões por causa do aumento dos casos de Covid-19.

No total, 85 motoristas foram flagrados pela Lei Seca. Destes, 62 testaram positivo no bafômetro e 23 se recusaram a realizar o teste.

Um motorista ainda foi autuado em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante, que é quando o teor alcoólico aferido no teste supera os 0,34 mg/l. Ele foi conduzido ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. Esse condutor ainda tentou atear fogo no veículo, mas foi contido pelos agentes.

Já em 2020, a Operação Réveillon flagrou 52 condutores na Lei Seca, sendo que três estavam embriagados.

Infrações

 

Nos cinco pontos da Operação Réveillon, os agentes emitiram 371 autos de infração. O número é quase quatro vezes maior que as autuações da virada de 2020. No ano passado foram 102 autos.

A maioria das infrações estava relacionada com licenciamento em atraso, o que gerou a remoção de 60 veículos, sendo 41 motocicletas.

Outros 33 condutores preferiram pagar o licenciamento em atraso direto na blitz e tiveram os veículos liberados.

A Operação Réveillon do Detran aconteceu em cinco pontos da cidade de Manaus: Avenidas Santos Dumont (Tarumã), Maneca Marques (Parque 10), Torres (Cidade Nova), Ephigênio Sales (Adrianópolis) e Mário Ipiranga (Parque 10).

Leia Mais

Brasil

Menino de 7 anos resgata irmã bebê de casa em chamas nos EUA

Publicado

em

‘Tive medo, mas não queria que minha irmã morresse’, conta o herói Eli. Família teve casa destruída pelo fogo, mas vaquinha virtual já coletou mais de R$ 1,7 milhão em ajudas.

Um menino de apenas 7 anos ajudou a salvar a irmã de 22 meses em meio a um incêndio na casa onde moravam no estado americano de Tennessee, nos EUA.

De acordo com a mãe, Nicole Davidson, seu filho Eli garantiu que a irmã bebê saísse com segurança da casa em chamas. As informações são da emissora local WVLT.

Nicole disse que acordou no meio da noite e percebeu que havia fumaça e chamas na casa. Ela e seu marido Chris são ex-bombeiros e entraram em ação, tirando dois de seus filhos da situação de perigo.

“Chris pegou o extintor tentando me dar tempo para pegar as crianças, e eu agarrei os meninos porque eles estavam mais próximos do fogo”, disse Nicole.

Nicole conta que o fogo na sala de estar a impediu de chegar ao quarto onde sua filha de 22 meses ainda estava dormindo.

Assim que os pais e os dois meninos saíram em segurança, Chris ergueu Eli para que ele pudesse entrar no quarto da bebê por uma janela. Mesmo dizendo que estava com medo, ele pegou a irmãzinha de seu berço, entregando-a ao pai.

“Papai quebrou a janela e então eu disse:‘ Não consigo ’, umas duas vezes. Aí eu falei: ‘Papai, eu a peguei’. E quando descemos, eu disse: ‘Estava com medo, mas não queria que minha irmã morresse’ ”, conta Eli.

 

Ninguém ficou ferido no incêndio. Os bombeiros atenderam ao chamado, mas a casa teve perda total. A família agora está hospedada por um parente que mora nas proximidades.

Investigadores não determinaram uma causa oficial, mas há suspeita de que tenha ocorrido um incêndio elétrico.

Uma página que recebe doações para a família indica que, com a repercussão do caso, já foram recebidos mais US$ 334 mil (R$ 1,76 milhão) até esta segunda-feira (28).

Leia Mais

Amazonas

Carro capota após derrapar em avenida de Manaus durante chuva

Publicado

em

Durante acidente de trânsito, carro ainda colidiu contra outro veículo. Não houve feridos, segundo polícia.

Um carro capotou após derrapar na pista e colidir contra outro veículo, na Avenida André Araújo, na Zona Centro-Sul de Manaus. O acidente aconteceu durante a chuva, por volta das 20h desta sexta (25), no sentido Centro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas não há registro de feridos. Nos dois carros estavam apenas os condutores de cada veículo, que conseguiram sair sem ferimentos graves.

Carro capotou durante chuva, mas não deixou feridos. — Foto: Rebeca Beatriz/G1 AM

De acordo com informações da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), um carro de modelo Prisma deslizou na pista, que estava molhada por conta da chuva, bateu em outro carro, de modelo Fiat Uno, e capotou.

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) foi acionado ao local para orientar as partes envolvidas e controlar o fluxo de veículos no local, que ficou mais lento.

Leia Mais

Mais lidas